23 outubro 2019, 14:46
AFP

Cantor lírico Plácido Domingo é acusado de assédio sexual

O famoso tenor espanhol Plácido Domingo se defendeu nesta terça-feira (13) das acusações de assédio sexual de várias mulheres, e a Ópera de Los Angeles, da qual é diretor, anunciou que investigará as “preocupantes” denúncias.

Em uma investigação publicada na noite de segunda-feira pela Associated Press, nove mulheres acusam Domingo, considerado o mais importante artista lírico vivo, de ter usado sua posição de poder para pressioná-las a se relacionar intimamente com ele.

Oito cantoras líricas e uma bailarina, das quais apenas uma aceitou se identificar, disseram à agência de notícias americana que foram assediadas sexualmente, em incidentes que ocorreram na década de 1980.

Uma delas afirma que o músico colocou a mão por baixo de sua saia, outras três de tê-las beijado à força. Todas mencionam gestos inapropriados, enquanto dezenas de entrevistados afirmam que foram testemunhas desses comportamentos.

Quando ocorreram os supostos incidentes, todas as denunciantes eram jovens e estavam no início de suas carreiras. Sete delas disseram que suas trajetórias foram afetadas por rejeitarem os avanços do tenor.

“As acusações destas pessoas anônimas que remontam inclusive a três décadas atrás são profundamente preocupantes e, da forma como foram apresentadas, inexatas”, disse Domingo, de 78 anos, que exerce de diretor e gerente-geral da Ópera de Los Angeles, na Califórnia, em um comunicado enviado por seu agente. (Com informações da AFP)

Veja também

Professores criam aplicativos pedagógicos para crianças

Os professores das escolas municipais REME, passarão a utilizar aplicativos durante as aulas para incentivar …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *