11 dezembro 2019, 15:40

Fazer estágio pode mudar o rumo da sua carreira

Taynara Foglia

Entre as muitas dúvidas que envolvem o ensino superior, as relacionadas ao estágio profissional se destacam. A importância do momento para graduandos e graduandas é inegável, mas muita gente não sabe nem por onde começar na busca pela oportunidade.

O estágio é uma etapa muito importante para o desenvolvimento da carreira de qualquer profissional. Mais do que ganhar experiência, ele possibilita aos estudantes conhecimento, competências e uma relação prática da teoria vista em sala de aula. Além disso, o estágio facilita a entrada no mercado de trabalho e garante que o aluno aprenda de maneira mais utilitária os campos de atuação da sua profissão.

O estágio pode ser a porta de entrada para o primeiro emprego. A maioria das empresas oferece um plano de carreira em que estagiários evoluam suas competências e ingressem no mesmo ambiente de trabalho como empregado efetivado. Além disso essa atividade oferece diversos benefícios, como, por exemplo, decisão de carreira, habilidades práticas, independência financeira, experiência profissional e abertura para novos contatos.

Há o estágio obrigatório, ou seja, incontornável para que universitários concluam o curso e recebam o diploma, e o não obrigatório, feito de acordo com a escolha de cada estudante. Os contratos de estágio têm duração de seis meses renováveis até que se completem dois anos. Depois desse período, é possível que o graduando seja efetivado.

Para a acadêmica de engenharia civil Amanda Ramos, que atualmente está fazendo estágio remunerado de oito horas na Emha (Agência Municipal de Habitação), “as vantagens do estágio é que você consegue aprimorar qual caminho da Engenharia Civil você se identifica mais. É indispensável o estágio nesse curso, que abrange tantas áreas e você consegue ver com qual se identifica mais”.

Outra importância do estágio é a sua possibilidade de fazer com que o aluno experimente várias áreas abordadas por um curso de graduação. Só conhecendo a realidade da profissão e explorando as diversas possibilidades que ela pode oferecer é que o aluno terá condições de dizer se deseja ou não seguir nesse caminho dentro da profissão. “A importância do estágio na faculdade é você se capacitar antes mesmo de ter o diploma, e já sair capacitado na área que você escolheu”, comenta a acadêmica de Engenharia Civil.

Em Mato Grosso do Sul os estudantes podem contar com o auxílio do CIEE (Centro de Integração Empresa-Escola), que é um dos maiores portais do país, e que promove o acesso e a integração ao mundo do trabalho a adolescentes e jovens por meio da oferta de programas de estágio e aprendizagem.

O estágio proporciona um contato direto com profissionais renomados do mercado de trabalho. Diferente de um emprego tradicional, o estágio possibilita ao aluno uma experiência de aprendizado, na qual situações e práticas da profissão são repassadas para que ele comece a desenvolver suas habilidades e competências na área de atuação escolhida. Além de todo o conhecimento repassado por essas pessoas, o estagiário terá ótimas oportunidades de desenvolver contatos que poderão ser úteis futuramente.

De acordo com a consultora de atendimento do CIEE Danieli Guimarães, “hoje o CIEE possui uma média de 5.700 estagiários ativos em Mato Grosso do Sul e um número próximo de 200 vagas disponíveis. Enfatizando que são para ensino médio, técnico e superior”.

Aproveite todas as chances de estágio que surgirem durante toda a sua experiência acadêmica. Com elas, você sairá da faculdade com experiência suficiente para entrar no mercado de trabalho de forma mais madura e consciente. Logo, terá conhecimento suficiente para investir na área que mais despertou seu interesse e construir uma carreira sólida e completa.

No Brasil, o estágio de estudantes é regido pela Lei nº 11.788, que estabelece uma série de regras para que estagiários não sejam vistos como mão de obra barata pelas empresas e tenham oportunidade de aprimoramento profissional efetivo.

O estagiário deve ainda ser sempre supervisionado em suas atividades por um profissional formado e precisa apresentar relatórios a cada semestre para a instituição de ensino. Assim, seu desenvolvimento pode ser acompanhado pela universidade.

Importante para conseguir um bom estágio

E, falando em boa seleção, a primeira coisa que um acadêmico precisa ter é um bom currículo com informações sempre atualizadas, além disso não usar gírias ou informalidades com os gestores. E principalmente se manter atualizado sobre as informações do mercado de trabalho.

O CIEE oferta cursos gratuitos pelo portal e ensina também como montar um bom currículo, com Word e Excel.

Veja também

Sala de Maria da Glória vira exposição com livros

Resgatando as obras da icônica Maria da Glória Sá Rosa (1927-2016), um acervo montado em …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *