26 fevereiro 2021, 18:16
Foto-Saul-Schramm

Drive-thru e escola serão fechados; postos de saúde terão aumento de exames

Segundo a SES, baixa procura motivou desativação de quartel dos bombeiros e da Escola Lúcia Martins Coelho

A SES (Secretaria de Estado de Saúde) vai parar os atendimentos do drive-thru do Corpo de Bombeiros e da Escola Estadual Lúcia Martins Coelho a partir da próxima semana. O motivo para o fechamento, segundo a pasta, foi a falta de demanda, que se reduziu 71,3% em janeiro, quando houve oferta de 22.174 vagas e 10.733 não foram utilizadas. Com isso, os postos de saúde vão absorver o público e o número de exames realizados deve subir, em média, para 250 por dia.

A desativação do drive-thru no quartel da 14 de Julho deve ocorrer na próxima segunda-feira (22) ao passo que a escola estadual encerra as atividades na sexta-feira (26). Ainda conforme o coronel e diretor de Saúde do CBMMS (Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso do Sul), Marcello Fraiha, houve uma queda de 19% na procura pelos testes RT-PCR na unidade neste mês.

O coronel explicou ao jornal O Estado que a demanda de exames será absorvida pelas UBSs (Unidades Básicas de Saúde) da Capital. Na Escola Estadual Lúcia Martins Coelho, de acordo com Fraiha, nos primeiros 15 dias de fevereiro, em comparação com o mesmo período do mês passado, houve redução de 38% na procura por exames no local.

“O drive-thru bem como os testes na E.E. Lúcia Martins Coelho foram estratégias criadas como primeira resposta, para que o município se adequasse e se estruturasse no fornecimento de um amplo atendimento [durante a pandemia]. Não há necessidade de mantermos essa estrutura por uma questão de responsabilidade”, ponderou Fraiha.

A readequação da oferta de exame deve otimizar o uso de insumos e recursos humanos. Segundo o coronel, o CBMMS continuará com os serviços de agendamento pelo Disque-COVID.

Exames

Dados da SES (Secretaria de Estado de Saúde) apontam que já foram realizados no drive-thru de Campo Grande 47.156 testes RT-PCR desde o início da pandemia. Destes, 13.860 deram positivo para o novo coronavírus, uma taxa de 29,4%. Em relação aos testes rápidos, o local foi responsável por 7.379 exames. Apenas 390 positivaram para COVID-19.

Até ontem (19), segundo os números oficiais, a SES já realizou 48.337 testes rápidos na Escola Estadual Lúcia Martins Coelho com uma taxa de positividade de 19,5%, ou seja, 9.406 exames confirmaram o diagnóstico para a doença.

Com o encerramento dos trabalhos no drive-thru e na Escola Lúcia Martins Coelho, a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública) informou que será absorvida uma média de 250 novas coletas de RT-PCR por dia. A mudança deve resultar em aproximadamente 11 novos agendamentos por unidade.

Os testes rápidos são oferecidos nas 72 Unidades Básicas de Saúde de Campo Grande. O exame é feito a partir do 8º dia de sintoma da infecção por coronavírus. A demanda atendida pelo drive-thru estará disponível em 24 unidades de saúde, de segunda a sexta-feira, com 30 testes por dia.

Burocracia nos postos

O atendimento para testes COVID nas unidades de saúde funciona de forma diferente do drive-thru do Corpo de Bombeiros. Por este motivo, tem pacientes que reclamam da “burocracia” para conseguir um agendamento e acabam desistindo de ir aos postos, preferindo o drive.

Uma leitora, de 24 anos, que preferiu não ter o nome revelado, está com os sintomas do novo coronavírus e procurou pelo teste, na quinta-feira (18), na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do bairro Coronel Antonino. No local, foi informada de que não conseguiria fazer o exame sem atendimento prévio.

“Eles falaram que não tem essa opção de fazer lá, tem que passar pelo médico e depois ligar no Disque-COVID para marcar no drive-thru”, explicou. Ela desistiu de tentar o atendimento no local porque “teria de ficar e esperar”.

A TESTAGEM DO RT-PCR ESTARÁ DISPONÍVEL NAS SEGUINTES UNIDADES:

-USF Cristo Redentor;
– USF Universitário;
– USF Mata do Jacinto;
– USF Estrela Dalva;
– USF Jardim Noroeste;
– USF Zé Pereira;
– USF Jardim Azaleia;
– USF Los Angeles;
– USF Botafogo;
– USF Iracy Coelho;
– Clínica da Família Portal Caiobá;
– USF Vila Fernanda;

– USF Batistão;
– USF Parque do Sol;
– UBS 26 de Agosto;
– USF Tiradentes;
– UBS Dona Neta;
– USF Moreninha;
– USF Vila Nasser;
– USF Oliveira;
– USF Nova Bahia;
– USF São Francisco;
– USF Aero Itália;
– USF Albino Coimbra.

Além destas unidades, a testagem também poderá ser feita na UBS Parque do Sol, porém apenas nos fins
de semana. A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública) agendará até 200 testes aos sábados e outros 200 testes aos domingos.

Texto: Mariana Moreira

Veja também

COVID longa é um dos mais novos desafios da doença para a ciência

O novo coronavírus chegou oficialmente no Brasil em 26 de fevereiro de 2020, data em …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *