5 março 2021, 12:31
Foto: Reprodução/ Internet

Manchas escuras: Virilhas e axilas são principais alvos

Para a prevenção deve-se evitar exposição ao sol, principalmente as gestantes, pois neste momento sua pele se encontra mais sensível

A mulher que não sente vontade de clarear a virilha e as axilas que atire a primeira pedra. Essas regiões do corpo, que escurecem com o passar do tempo, deixam muitas mulheres desconfortáveis, e deixar de usar roupas de banho e blusa regata, por muitas vezes, pode ser o terror para muitas pessoas.

A secretária de 24 anos, que não quis ter seu nome divulgado, conta que há anos sofre com a virilha escura e que já tentou desde procedimentos estéticos até receitas caseiras para amenizar o problema, mas sem êxito.
“Isso me constrange porque sinto vontade de poder usar um biquíni com tranquilidade, mas essas manchas atrapalham. Não sei a causa certa para isso, se é por conta da depilação ou hormônio. Só sei que me incomoda”, revela.

Mãe de uma criança de 2 anos, a secretária revela que, quando engravidou do seu primeiro filho, os problemas aumentaram. “Quando engravidei, minha virilha escureceu ainda mais. Juntou hormônio com o sentimental, fiquei com minha autoestima baixa. Demorou muito para melhorar, para ficar menos escuro”, explica.

O problema, para muitos, parece ser frescura, mas para quem convive com as manchas escuras diariamente afeta o psicológico. “As pessoas pensam que é pouca coisa ou que é frescura, mas isso nos abala muito e tenho certeza de que várias outras mulheres devem ficar tristes com a situação”, finaliza.

Entenda sobre o assunto

De acordo com as professoras do Curso de Biomedicina e Farmácia da Uniderp, Mayra Duarte Martello e Larissa Zatorre Almeida Lugo, tanto na axila quanto na virilha, o escurecimento é causado por motivos parecidos: depilações com cera, lâminas e cremes depilatórios. A ação é entendida pelo corpo como uma agressão e, por isso, produz mais melanina na região, tornando a pele mais espessa.

“A principal causa de aparecimento de hipercromias na virilha e nas axilas é o atrito, por serem regiões de movimento constante e quando há sobrepeso pode levar ao surgimento de machas nessas regiões. Além disso, alguns métodos de depilação, ceras ou lâminas, principalmente se a pessoa tem foliculite, podem levar ao desenvolvimento de inflamação nessas regiões, relacionado também com o surgimento de machas”, revelam as docentes.

Segundo as docentes, existem tonalidades de pele que são mais suscetíveis ao desenvolvimento das manchas, como, por exemplo, as mais morenas, em razão da sua genética, por possuírem maior disposição para a produção de melanina.
“Porém qualquer fototipo precisa de cuidados, como os mais claros que também podem desenvolver essas manchas quando passam por algum procedimento estético, ou mesmo com a depilação na lâmina, e não realizam os cuidados necessários. Os cuidados com a exposição ao sol, atrito e o uso de produtos adequados são essenciais para a prevenção contra as hipercromias”, esclarecem.

Procedimentos caseiros

Conforme Mayra e Larissa explicam, muitos procedimentos caseiros não têm comprovação científica, alguns são até prejudiciais à pele e um dos tratamentos que as pessoas mais fazem sem saber o quanto é prejudicial para a pele é passar limão na axila!
“O limão apresenta um composto químico denominado cumarina, o qual após o contato com a pele, se não fizer a lavagem no local imediatamente, gerará manchas e queimaduras em contato com os raios UV. Mas temos alguns tratamentos que passaram por testes e se mostraram eficazes como o uso das argilas, sendo também considerado uma alternativa para o tratamento de manchas, elas possuem uma forte capacidade de absorção e de remoção de toxinas, metais pesados e impurezas, fazendo isso ao mesmo tempo em que transferem para a pele muitos minerais e nutrientes importantes. Outro procedimento que também é indicado é a esfoliação no local uma vez por semana, a qual auxiliará na remoção das células superficiais por ação física”, apontam.

Depilação a laser

A depilação a laser pode auxiliar no clareamento das manchas presentes nas axilas e virilhas, desde que se respeitem todos os cuidados necessários após a depilação, como evitar tomar sol no local por 24h, evitar alguns desodorantes que possam gerar a hiperpigmentação, bem como evitar alguns cremes que possam ativar processo de inflamação do local deixando a pele mais sensível, como, por exemplo, cremes que tenham fluidos de pimenta negra.

“A inflamação na área de depilação a laser em razão da falta de cuidados é a principal causa de escurecimento das regiões. Além disso, se todos os cuidados forem tomados, o procedimento pode ser coadjuvante, pois depilação a laser diminui a frequência de depilação com qualquer tipo de atrito. Mas sempre indicamos que procure um local de confiança e seguro, onde o aparelho passe por todas as inspeções e manutenções necessárias, pois a negligência desses procedimentos tão importantes poderá prejudicar, trazendo diversos danos como queimadura de pele, escurecimento, entre outros problemas. Sempre procure um profissional da área”, finalizam.

Como prevenir

Quando o assunto é prevenção contra manchas nessas regiões, as professoras explicam que é preciso levar em conta que a pigmentação pode ocorrer por diversos estímulos, como os métodos de depilação de escolha e o uso de formulações não adequadas à pele.

“Para a prevenção, deve-se evitar exposição ao sol, principalmente as gestantes, pois neste momento sua pele se encontra mais sensível, evitar a utilização de blusas sem mangas, a fim de evitar o atrito, além de lavar bem as regiões, para evitar qualquer tipo de impureza. No caso das axilas, procurar usar um desodorante mais natural, sem a presença de metais, e que seja favorável à sua pele. Além disso após uma depilação na cera, deve se evitar a exposição ao sol por pelo menos 24 horas, pois a região está sensibilizada”, aconselham.

Veja Mais:

Icterícia: Como tratar a doença hepática em cães

Veja também

Ensino Superior: Brasil tem 44 cursos entre os 100 melhores do mundo

Odontologia, Petróleo e Engenharia de Minérios integram ranking Estudo global feito pela consultoria QS Quacquarelli …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *