3 março 2021, 4:56
Reprodução/A Gazeta News

Taxista de Amambai é encontrado morto na fronteira do Estado

Os autores do crime foram identificados pela Polícia Civil

O taxista Sidnei Peixoto de Lima, 75. foi localizado sem vida no final da manhã desta terça-feira (26), em uma fazenda lindeira a aldeia Taquaperi, na divisa entre os municípios de Amambai e Coronel Sapucaia. O idoso estava desaparecido desde a manhã de segunda-feira(25), em Amambai.

Segundo A Gazeta News, a Polícia Civil investigou que a vítima foi assassinada a golpes de facão durante um latrocínio (roubo seguido de morte) e dois indígenas, um maior e outro menor foram identificados como os autores do crime.

De acordo com a delegada titular de Polícia Civil em Amambai, Dr. Larissa Serpa, que comanda as investigações do caso, o crime foi elucidado depois que um dos autores foi detido pela Polícia Nacional do Paraguai na manhã dessa terça-feira (26) na cidade paraguaia de Capitam Bado, que faz divisa com Coronel Sapucaia no Brasil, com o táxi da vítima, um Toyota Yaris cor prata.

Na ocasião, um indígena confessou que havia sido contratado por um homem para levar o carro da aldeia Taquaperi até Capitan Bado, mas posteriormente voltou atrás, assumiu a participação no latrocínio, entregou seu comparsa na ação criminosa e levou os policiais até o local onde haviam abandonado o corpo do taxista, que foi vítima dos ladrões ao fazer uma corrida. A polícia continua tralhando no caso para levantar maiores detalhes do crime.

De acordo com a delegada o maior de idade foi autuado em flagrante pelo crime de latrocínio e o menor teve o auto de apreensão em flagrante lavrado pelo mesmo crime.

Veja também

Polícia acaba com organização criminosa que aplicava golpe do falso frete

Na manhã desta segunda-feira (1), policiais civis da 1ª DP de Naviraí, com apoio da …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *