3 março 2021, 5:19
Foto: Marcelo Braga

São Paulo tem conversa com Miguel Ramirez desde 2020

A permanência de Fernando Diniz no São Paulo depende de uma cada vez mais improvável recuperação que culmine com o título brasileiro, mas a diretoria do clube já estuda, desde o ano passado, o mercado de técnicos. A imprensa apurou que a gestão atual manteve conversas já no ano passado com Miguel Angel Ramírez, que continua sendo um dos nomes no radar.

Entre setembro e outubro do ano passado, a diretoria atual do São Paulo, com o então candidato a presidente Julio Casares e o conselheiro Carlos Belmonte (atual diretor de futebol) manteve vários contatos com Ramirez.

O clube, na época, ainda era presidido por Carlos Augusto de Barros e Silva. Dentro de campo, não havia engrenado no Brasileiro sem encontrar o bom futebol depois da retomada das competições em agosto.

Nas conversas, os futuros dirigentes ouviram do técnico espanhol o que pensava sobre o elenco são paulino e sobre o estilo de jogo implementado por Fernando Diniz. Houve interesse mútuo, e falou-se sobre a possibilidade de Ramirez assumir o comando do São Paulo a partir de 2021.

Em novembro o cenário mudou radicalmente: o time comandado por Diniz emendou sete vitórias e dois empates em nove partidas, despontou como franco favorito ao título brasileiro jogando um futebol convincente.

O São Paulo começou a tropeçar na reta final de 2020, perdendo o clássico para o Corinthians e caindo diante do Grêmio na Copa do Brasil. Vitoriosos nas eleições, Casares e seus diretores assumiram o comando na virada do ano e viram o time entrar em derrocada dentro de campo – com problemas fora das quatro linhas também.

Dentro do Brasil há sempre o nome de Rogério Ceni, que tem futuro incerto no Flamengo e é sempre trazido à tona dentro dos muros do Morumbi. Embora todos os questionamentos sobre Ceni sejam respondidos por dirigentes com a diplomacia que sua história no São Paulo exige, o ex-goleiro não é uma unanimidade. É uma dentre outras cartas no baralho. Veja mais.

(Com informações: Uol Esportes)

Veja também

Seleção brasileira estreia sexta em Grand Slam de judô no Uzbequistão

Delegação com seis mulheres e dez homens chega esta noite ao país A seleção brasileira …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *