25 fevereiro 2021, 20:38
Divulgação/Procon-MS

Em 18 dias, Procon MS registra mais de 460 denúncias de consumidores

O ano de 2021 começou “recheado” de denúncias. De acordo com a Procon-MS (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor), nos primeiros 18 dias de janeiro foram registradas, pelo menos, 462 queixas de consumidores contra um total de 17 empresas, sendo que a líder de reclamações segue sendo a Energisa-MS, já apontada pela Procon-MS em outras ocasiões. Entre os principais fatores que mais contribuíram para tais reclamações estão prejuízos quanto à prestação de serviços, cobranças indevidas ou vendas casadas.

Para Marcelo Salomão, superintendente da Procon-MS, apesar do aumento no número de denúncias, a maior procura também está refletindo em um maior número de acordos entre os consumidores e as empresas, o que é um ponto muito positivo.

“A gente tem entendido que o consumidor está acreditando mais no sistema de defesa do consumidor, está reclamando mais. No mesmo momento a gente têm conseguido um índice de acordos acima dos 90% o que também é muito positivo. Ao mesmo tempo, em que o consumidor está precisando cada vez mais da Procon, estamos com um nível de resolutividade muito alto”, comemorou.

Além da Energisa-MS – Distribuidora de Energia S.A., com 89 ocorrências, empresas como a Claro S/A aparecem no ranking das maiores reclamações com 82 denúncias, assim como a Águas Guariroba com 63 e Brasil Telecom Celular com 45. Além disso foram realizadas 54 orientações por meio do telefone 151.

A Provon estadual orienta a que todo consumidor que se sentir prejudicado deve se encaminhar até a unidade e, para isso, dispõe de vários meios. Encontram-se à disposição os telefones 151 e (67) 3317-9800, o WattsApp (67) 99158-0888 e, como parte do site procon.ms.gov.br, os dispositivos Fale conosco e Faça aqui sua reclamação. O consumidor pode, também, procurar atendimento presencialmente. Vale ressaltar que esse tipo de ação está restrita a 20 consumidores pela manhã e 20 à tarde, em função da pandemia. Na Capital, a Procon-MS está localziada na Rua 13 de Junho, 930 – Centro.

(Texto: Michelly Perez)

Veja também

Governo congela pauta fiscal da gasolina para tentar conter reajustes

Os recentes aumentos nos preços da gasolina e do óleo diesel, autorizados pela Petrobras, levou …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *