25 fevereiro 2021, 20:51
Reprodução

Com 47,3 mil ausentes, Enem 2020 bate recorde de abstenção em MS

O primeiro dia de prova do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2020, no domingo (17), contou com a ausência de 47,3 mil candidatos inscritos em Mato Grosso do Sul. Com a terceira maior taxa no país, dados do Ministério da Educação apontam que o percentual de abstenção foi de 57,2%, referentes aos 82,3 mil alunos aptos a realizarem o exame, um recorde em MS.

O Estado de Rondônia liderou os índices de candidatos ausentes, com 64,5% de abstenções, seguido pelo Estado de Roraima com 59,3%. Em todo o Brasil, 51,5% dos 5,8 milhões de alunos inscritos não compareceram aos locais de prova, de acordo com o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira).

Conforme o matemático e professor de cursinho preparatório Fabis Nascimento, é possível que no próximo domingo de provas, dia 24 de janeiro, ocorram ainda mais abstenções dos estudantes. “[Isso pode ocorrer] Em razão de alguns alunos que já não foram bem na redação e que fugiram do tema. Esse fator pode gerar um desestímulo para a próxima prova”, salientou.

O primeiro dia de Enem contou com Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e Ciências Humanas e suas Tecnologias. Para a candidata Gabrielly Pedra Teixeira, 19 anos, o tema da redação “O estigma associado às doenças mentais na sociedade brasileira” foi bem atual, relevante e necessário, “já que no Brasil o sentimento é realmente um descaso em relação à saúde mental”.

Referente à estrutura da prova, Teixeira ponderou que os conteúdos foram mal divididos, com poucas questões de história e com a parte de linguagem restrita à interpretação de texto. “Os alunos que estudaram o ano inteiro para a prova se depararam com algo bem inesperado se tratando do Enem, estou um pouco decepcionada”, ressaltou.

Em relação às medidas de biossegurança, Gabrielly afirmou que tanto os alunos quanto os fiscais que estavam trabalhando no seu local de prova, na Escola Municipal Elpídio Reis, seguiram todas as recomendações sanitárias.

Reaplicação de provas

A reaplicação do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) está prevista para os dias 23 e 24 de fevereiro. Quem teve sintomas de COVID-19 nos dias da prova pode informar o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) pela Página do Participante, ou pelo telefone 0800-616161 para participar da reaplicação.

(Texto: Mariana Moreira)

Veja também

Governo congela pauta fiscal da gasolina para tentar conter reajustes

Os recentes aumentos nos preços da gasolina e do óleo diesel, autorizados pela Petrobras, levou …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *