3 março 2021, 4:15
Crédito: Imagem Ilustrativa

Com previsão de 7 conjuntos, Capital será grande canteiro de obras

Com a baixa rentabilidade na renda fixa, a alternativa de investidores tem sido apostar na compra de imóveis em Campo Grande. De norte a sul da cidade, bairros vêm ganhando cada vez mais espaço quando se trata de investimentos e o setor estima uma alta de pelo menos 30% na venda de imóveis neste ano.

Para especialistas consultados pela equipe do jornal O Estado, com pelo menos sete projetos preparados para 2021, a tendência é de que as obras sejam uma realidade cada vez mais frequente no cotidiano dos campo-grandenses. Segundo Marcus Augusto, Magoo, presidente do Secovi- MS (Sindicato da Habitação), Campo Grande se transformou em um grande “canteiro de obras”.

Ele destaca que isso ocorre pela descentralização da cidade, já que nos bairros é cada vez mais frequente uma ampla oferta de serviços, o que possibilita que os moradores realizem todas as atividades sem sair da sua região. “Se olharmos para a Capital temos lançamentos imobiliários em diversos bairros, isso tudo, pois, cada bairro se transformou em uma microrregião com vida própria. Este era um dos objetivos do Plano  Diretor, descentralizar a cidade, temos por exemplo, nas Moreninhas, toda a infraestrutura necessária: supermercados, conveniências, farmácias, isso gera emprego para a região e evita o deslocamento”, pontuou.

Confira a notícia completa aqui, em nossa versão digital

Veja também

Pernambucanas pode pagar multa de R$5.000 a R$ 50 mil por propaganda enganosa

Com multa avaliada de R$ 5.000 a R$ 50 mil, a loja Pernambucanas de Campo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *