28 fevereiro 2021, 15:25
Crédito: Portal R7

Com data e hora marcadas para vacinação na Capital, população conta para quem daria a 1ª dose

A cada nova notícia de que a vacina contra a COVID-19 está próxima, a esperança cresce um pouco mais no coração do brasileiro. Com a aproximação da imunização, o desejo é de ver quem se ama livre do risco de ser infectado pelo vírus que pode ser fatal.

A equipe de reportagem do jornal O Estado esteve no centro de Campo Grande e fez a seguinte pergunta: “se você tivesse o poder de escolher, para quem daria a primeira dose da vacina?”. As respostas foram diversas. A melhor parte é que não houve egoísmo e a maioria deseja ver os idosos imunizados o mais rápido possível.

É o caso do estagiário Lucas Valau, de 23 anos. Ele não tem idosos na família, mas acha importante que esse
público esteja livre do coronavírus, “pois são grupo de risco”, explicou. Pai, mãe e avós também estão no topo da lista dos que deveriam tomar a vacina primeiro.

A vendedora Mikaelly Oliveira, 22 anos, fica preocupada com a mãe de 57 anos e dedicaria a primeira dose para ela. “Porque ela fumante, tem pressão alta e eu fico preocupada.” Enquanto os filhos querem ver os pais imunizados, os pais querem ver os filhos livres do novo coronavírus. Joaquim Antiari não se importa de estar com 65 anos e ainda trabalhar como auxiliar de lavanderia hospitalar. Ele sabe que está mais exposto ao vírus, mas, se pudesse escolher, gostaria que o filho fosse imunizado primeiro.

Confira a notícia completa aqui, em nossa versão digital

Veja também

Ocupação de UTIs chega ao pior nível da pandemia, diz Fiocruz

A ocupação das unidades de terapia intensiva dedicadas a infectados pelo novo coronavírus no país …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *