25 janeiro 2021, 6:35
Divulgação

Estado registra morte de criança de oito anos por COVID-19

Número de vidas perdidas chega a 2.625 desde o início da pandemia

O boletim epidemiológico divulgado hoje (14) pela SES (Secretaria de Estado de Saúde) trouxe o registro de mais 1.106 exames positivos, e 16 mortes de sul-mato-grossenses, entre elas uma criança de oito anos, moradora do município de Ribas do Rio Pardo.

Conforme anunciado pela secretaria, a menina faleceu no dia 12 de janeiro. Ela tinha Síndrome de Down e doença neurológica crônica. Além dessa, foram registradas mais cinco mortes em Campo Grande e uma morte em Rio Brilhante, Nioaque, Batayporã, Amambai, Pedro Gomes, Douradina, Dourados, Aquidauana, Bodoquena e Ladário.

Desde o início da pandemia até hoje 147.249 pessoas foram contaminadas pelo coronavírus e 2.625 mortes pela doença, segundo as informações oficiais do Governo do Estado.

Em tratamento, 651 estão hospitalizadas nas unidades de saúde de Mato Grosso do Sul, sendo que 359 estão em leitos clínicos e 292 em leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva). Dos internados em leitos clínicos, 219 se encontram em tratamento pelo SUS, enquanto que 140 recorreram à rede privada.

Já dos casos que exigem uma atenção maior diante da gravidade do quadro 209 estão internados nas UTI’s do SUS e 83 na rede privada.

Por macrorregião, a situação mais alarmante em relação ao comprometimento de leitos de UTI ainda é em Campo Grande, com ocupação de 87%, em seguida Corumbá, com 75%, depois Dourados, 74% e, por último, Três Lagoas, com 68%.

Veja também

Vacinação contra a COVID-19 deve contar com polo de imunização e sistema drive thru

As próximas etapas da vacinação contra a COVID-19 devem contar com um Polo de atendimento …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *