27 janeiro 2021, 16:43
Reprodução/Internet

Indonésia anuncia 65,3% de eficácia da CoronaVac

A autoridade sanitária da Indonésia anunciou, nesta segunda-feira (11), que a CoronaVac, vacina contra a covid-19 produzida pela farmacêutica chinesa Sinovac, apresentou 65,3% de eficácia nos testes clínicos realizados no país.

Os resultados preliminares foram divulgados pela BPOM (Agência de Alimentos e Medicamentos da Indonésia), que também aprovou o uso emergencial do imunizante. A permissão autoriza o início da vacinação de grupos prioritários.

“Esses resultados atendem aos requisitos da Organização Mundial de Saúde de um mínimo de eficácia de 50%”, afirmou Penny Lukito, diretor da BPOM, em entrevista a jornalistas transmitida no canal da agência no YouTube.

A Indonésia já teve 24.129 mortes e 828.026 casos de covid-19. O país, que tem 268 milhões de habitantes, é um dos mais afetados pela pandemia na Ásia. O governo local comprou 125 milhões de doses da vacina e já recebeu 3 milhões. São necessárias duas doses por pessoa para imunização.

São Paulo

A CoronaVac é a principal aposta do governo do Estado de São Paulo para a vacinação contra o coronavírus. O governo federal assinou contrato para a aquisição de 100 milhões de doses da CoronaVac com o Instituto Butantan. O órgão, que desenvolve o imunizante em parceria com a Sinovac, informou que a vacina reduz em 78% o risco de contrair casos leves de covid-19.

Segundo as autoridades paulistas, o imunizante preveniu totalmente mortes pela doença e foi 100% bem-sucedido ao impedir que os infectados desenvolvessem casos graves e moderados da covid-19.

(Com informações: Poder360)

Veja também

AstraZeneca diz que não tem vacinas disponíveis ao mercado privado

A farmacêutica AstraZeneca, que desenvolve uma vacina contra o novo coronavírus em parceria com a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *