26 fevereiro 2021, 2:41
Reprodução/Internet

Novo toque de recolher volta amanhã na Capital

O horário do comercio não será alterado, diz o prefeito

Após o aumento dos casos de Covid-19 em Mato Grosso do Sul, a prefeitura de Campo Grande decidiu durante reunião com representantes dos setores produtivos da cidade na manhã desta quarta-feira (25) decretar uma série de medidas restritivas, entre elas, um novo toque de recolher que será publicado possivelmente hoje.

Segundo o prefeito Marquinhos Trad, a cidade voltará a ter toque de recolher, a partir de quinta-feira (26). A restrição vai da meia-noite às 5h. Para fiscalizar o cumprimento da determinação haverá um reforço nas equipes da Guarda Civil Metropolitana e da Vigilância Sanitária. Acesse outras matérias relacionadas.

Levando em consideração que não houve aumento da média móvel de mortalidade, apesar de aumento da positividade dos testes – refletindo principalmente entre jovens, o horário do comércio não será alterado. Por enquanto, também não haverá alteração no sistema do transporte público coletivo, sendo mantido o uso obrigatório de máscara.

Nos últimos dias, a equipe técnica da Secretaria de Saúde observou um aumento expressivo da contaminação de pacientes mais jovens, entre 20 e 39 anos. “Hoje, de cada 100 testes, 30% dão positivo. Este percentual, até alguns dias atrás, era de 23% a 25%. Nossa preocupação é que daqui a pouco estes jovens passem a contaminar avós, pais, tios, de 60 anos ou mais, criando a necessidade de mais leitos e até o aumento da letalidade”, explicou o secretário de Saúde, José Mauro.

Ele ressalta que a Secretaria de Saúde está analisando os números diariamente e, prevendo necessidade de aumento da oferta de UTI, já está preparando para as próximas semanas a efetivação de novos leitos para atendimento de pacientes com Covid-19.

Prefeitura oferece testes gratuitos

Desde o mês de julho, todas as unidades de saúde da Capital contam com o teste rápido, que é realizado com uma gota de sangue a partir do 8° dia de sintoma.

“Se tiver coriza, febre alta, dor de garganta ou qualquer outro sintoma gripal, o paciente pode procurar a unidade de saúde, onde passará por consulta e realizará o teste, que tem o resultado em até 20 minutos”, explica o secretário municipal de saúde, José Mauro Filho. 

Para a realização desse exame, não é necessário nenhum agendamento, sendo feito assim que o profissional de saúde avaliar o paciente e considerá-lo como suspeito de infecção pela Covid-19. 

O RT-PCR é realizado nas Unidades de Saúde da Família (USFs) Batistão, Parque do Sol, 26 de Agosto, Tiradentes, Dona Neta, Moreninha, Vila Nasser, Oliveira, Nova Bahia, São Francisco, Aero Itália e Albino Coimbra. Todos os exames são feitos de segunda a sexta-feira. 

Veja também

Com vacinas escassas, estudo sugere apenas uma dose para quem já teve COVID

Artigo norte-americano aponta que aplicação única poderia ajudar na imunização durante escassez de vacinas Um …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *