3 dezembro 2020, 3:16
Reprodução/Internet

Custo do metro quadrado de imóveis na Capital varia 193%

Em Campo Grande, os imóveis têm ficado cada vez mais valorizados com o passar dos meses. Dependendo do bairro o custo do metro quadrado varia até 193,05% entre uma região mais popular para uma mais nobre. Nos 24 bairros que compõem a microbacia do Prosa, como Carandá Bosque, Itanhangá, Novos Estados, Santa Fé, Vilas Boas, Parque dos Poderes e TV Morena, a venda do m² pode custar até R$ 5.820. Enquanto isso na região do Anhanduí, o metro quadrado pode valer R$ 1.986. É o que indica o levantamento de outubro feito pelo Índice FipeZap, que acompanha o comportamento do preço médio de venda de imóveis residenciais em 50 cidades.

Se comparado ao mês de setembro, houve aumento de R$ 46 no preço médio do m² na Capital, saindo de R$ 4.296 para R$ 4.342. A elevação representa variação de 1,06%. O acumulado do ano é de 5,07% e em 12 meses de 4,95%.

De acordo com o presidente da Câmara de Valores Imobiliários de Mato Grosso do Sul (CIV-MS), Valter Aparecido Leite, o preço do m² depende de alguns aspectos, como material usado e região. “O preço final vai depender do padrão que a pessoa quer. Carandá, Chácara Cachoeira, Jardim dos Estados, são regiões que realmente estão tendo uma boa procura, podendo chegar sim até R$ 5 mil dependendo do material que for usado”, explica.

(Texto: Izabela Cavalcanti)

 

Confira a notícia completa aqui, em nossa versão digital

Veja também

Suspensão de corte de água é prorrogada na Capital

Em razão da pandemia do novo coronavírus, a prefeitura confirmou que fará uma nova prorrogação …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *