18 janeiro 2021, 6:15
Divulgação/Poder360

OMS diz que mutação de coronavírus em visons é “preocupante”

Diante dos relatórios sobre a mutação do Sars-Cov-2, o novo coronavírus, encontrada em visons na Dinamarca, a OMS (Organização Mundial da Saúde) o classificou como “preocupantes”. De acordo com o órgão, é preciso que sejam feitos mais estudos para determinar se a nova cepa é mais perigosa que as anteriores.

Segundo informações da Dinamarca será abatido cerca de 1 milhão de visons depois de ter detectado novas infecções por coronavírus entre os animais. Conforme as autoridades locais, os casos foram confirmados em 41 fazendas. O ministro do Meio Ambiente e Alimentos, Mogens Jensen, falou que existia suspeita de contaminação em outras 20 fazendas.

De acordo com a OMS, pelo menos 214 casos de covid-19 foram associados a visons criados na Dinamarca desde junho.

O órgão disse que “é normal que os vírus sofram mutações ou mudem com o tempo“. “Mas, cada vez que 1 vírus passa de humanos para animais e de volta para humanos, ele pode mudar ainda mais. É por isso que esses relatórios são preocupantes”, escreveu a organização no Twitter.

As variações do coronavírus podem minar a eficácia de futuras vacinas. A OMS informou que está trabalhando com as autoridades dinamarquesas “em esforços de pesquisa e controle”.

Em suma, até o momento, 6 países, notificaram à OIE (Organização Mundial da Saúde Animal) casos de Sars-Cov-2 em visons. São eles: Dinamarca, Holanda, Espanha, Suécia, Itália e Estados Unidos.

(Com informações: Poder360)

 

Veja também

Ministério da Saúde solicita entrega total de doses da Coronavac

O Ministério da Saúde solicitou a entrega imediata de todas as seis milhões de doses …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *