26 fevereiro 2021, 20:57
Divulgação

Cris Duarte defende gestão colaborativa

Cris Duarte (PSOL), décima terceira candidata a prefeito de Campo Grande a passar por sabatina pela Rádio Hora e pelo jornal O Estado, disse que a vice, a terena Val Eloy, será coprefeita na gestão. A postulante defende uma cidade administrada por todos e todas. “Estamos pensando em uma gestão colaborativa e participativa”, afirma.

De acordo com Cris Duarte, a democracia no país ainda é muito frágil, principalmente quanto à participação política das mulheres. Nesta eleição municipal foram lançadas duas candidaturas a prefeita e seis a vice. “Em Mato Grosso do Sul não temos nenhuma deputada e é a única nesta condição no Brasil. Há uma repetição da ausência das mulheres este ano. Nós decidimos lançar uma chapa bastante histórica para Campo Grande. São ligadas a movimentos sociais e uma mulher Terena. Estamos trazendo as pautas voltadas aos 14 mil indígenas da cidade que não têm, muitas vezes, o acesso às políticas públicas”, pontua.

Cris quer modelo de gestão já implantada pelo PSOL em outras cidades brasileiras. “Esta figura de um indivíduo como salvador da pátria é muito arcaica. Pensando em uma gestão moderna onde criaremos mecanismos para a população participar da gestão junto com universidades, técnicos, organizações sociais e empresários. Uma cidade gerida, administrada não só por uma figura”, analisa.

Confira a notícia completa aqui, em nossa versão digital

(Texto: Rafael Belo)

 

Veja também

Presidente do Inep é exonerado do cargo

O presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Alexandre Lopes, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *