2 março 2021, 0:05
Crédito: Divulgação

Anvisa autoriza testes com vacina contra a covid-19

Laboratório Janssen-Cilag (divisão farmacêutica da Johnson & Johnson) recebeu autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para prosseguir com as pesquisas da vacina contra a covid-19. A decisão foi anunciada nesta terça-feira (3).

No dia 12 de outubro, o laboratório teve que suspender os testes por causa de “evento adverso grave” com um voluntário nos Estados Unidos. Segundo a agência, os estudos clínicos com a vacina, denominada de Ad26COVS2.S já podem ser retomados e que a decisão desta terça-feira “garante segurança aos voluntários brasileiros que queiram participar do experimento”.

Segundo a Anvisa, as regras da pesquisa clínica já preveem a ocorrência de eventos adversos e que a identificação desses episódios serve justamente para conhecer e definir o perfil de segurança de cada medicamento. A agência observou ainda que esses eventos graves exigem a paralisação de todo o estudo e a investigação do caso antes da retomada da pesquisa.

De acordo com a Anvisa, no momento da interrupção 12 voluntários do Brasil, todos do Rio de Janeiro, já haviam participado do teste, recebendo a dose da vacina ou do placebo. O estudo da Janssen-Cilag no país está sendo conduzido em 11 estados, com previsão de envolver até 7.560 pessoas com mais de 18 anos.

(Com informações da Agência Brasil)

Veja mais:

Fiocruz inicia estudo da progressão da covid-19

Veja também

Pesquisa: cepa do Amazonas do coronavírus gera mais carga viral

Um estudo coordenado pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) Amazônia constatou que a carga viral de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *