25 novembro 2020, 18:44
Crédito: Divulgação

Renato Gomes quer voltar à Câmara Municipal após 14 anos

Renato Gomes (MDB), empresário do transporte escolar rural, das vans particulares, do ramo do turismo, corretor de imóveis, aos 60 anos quer voltar para a Câmara depois de 14 anos distante. O candidato foi vereador até 1996. Sua candidatura, de acordo com ele, é consequência da pandemia, na qual o prefeito deixou o setor desempregado.

O candidato a vereador trabalhava nas 88 linhas rurais levando 2,8 mil crianças por dia às escolas. Renato conta que são 16 empresários na área e a maioria faliu. “A prefeitura não nos pagou, temos um prejuízo aproximado de 350 mil o que nos levou a agir por nós mesmos”, pontuou. Entre as propostas de Renato Gomes está a implantação junto ao Executivo de pelo menos mais três escolas em tempo integral em Campo Grande.

“Hoje temos cinco. Também quero o fim da tabela diferenciada no ITBI, criar senhas exclusivas para corretores de imóveis, contadores, engenheiros e arquitetos. Vou propor que todo prédio construído em Campo Grande acima de 5 andares terá uma obra de artistas locais. Quero fazer projetos para desburocratizar e digitalizar a prefeitura, tirar certidões pelo computador e dar prioridade às mulheres no projeto habitacional de Campo Grande”, enumerou.

Confira a notícia completa aqui, em nossa versão digital

(Rafael Belo)

Veja também

Na Capital, 1 em cada 4 eleitores deixou de ir às urnas

Muito mais que o medo da pandemia, o descrédito com o cenário político e a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *