24 outubro 2020, 13:37
Crédito: Divulgação

‘Me arrependo de ter traído a minha esposa’, diz Robinho

Ocaso envolvendo o jogador Robinho tomou conta dos holofotes esportivos do Brasil nos últimos dias. Contratado pelo Santos, o atacante de 36 anos foi bastante contestado pelo suposto caso de estupro que ocorreu na Itália, em 2013. Tamanha repercussão negativa – tanto com torcedores quanto com patrocinadores – fez o time da Vila Belmiro suspender o contrato com o jogador na sexta-feira (16).

Após a divulgação de transcrições de interceptações telefônicas, feitas com autorização da Justiça italiana, Robinho finalmente rompeu o silêncio. Ao UOL, o jogador disse, neste sábado, que seu único arrependimento foi ter sido infiel à sua esposa. O atacante se defendeu das acusações que tem sofrido e afirmou ainda que toda relação que teve com a mulher que o denunciou foi consensual.

“Olha, eu me arrependo de ter traído a minha esposa. Este é o meu arrependimento”, declarou o jogador, que em nenhum momento negou que teve contato íntimo com a moça. Segundo Robinho, tudo que aconteceu entre os dois foi de comum acordo e que ele teria ido embora antes que seus amigos tivessem tido maior contato físico com a mulher.

“Não tive relação sexual com ela, não”, afirmou o atacante. “A gente teve relação entre homem e mulher, de ela me tocar e eu tocar nela, porque ela quis e eu também quis, mas não cheguei a fazer sexo com ela”, explicou. “Nenhuma penetração e nem nada disso.”

De acordo com a investigação, Robinho e outros cinco amigos, incluindo Ricardo Falco, que também foi condenado, levaram uma jovem de origem albanesa ao camarim de uma boate chamada Sio Café, em Milão, e lá abusaram sexualmente dela. O caso aconteceu em 22 de janeiro de 2013, quando o atleta defendia o Milan. Os outros suspeitos deixaram a Itália ao longo da investigação, e por isso a participação deles no ato é alvo de outro processo.

“Eu saí. Eu fui antes para casa. Eles me contaram depois que eles fizeram: ‘Com o consentimento da garota, a gente fez isso e isso’. Isso realmente eles me contaram depois”, explicou Robinho. Quando perguntado se estava presente no ato, o jogador negou.

Veja também

Oitavas da Libertadores terá confrontos entre Brasil e Argentina

Três dos seis representantes brasileiros nas oitavas de final da Copa Libertadores da América terão …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *