24 outubro 2020, 14:22
Divulgação

Curtas-metragens sul-mato-grossenses são atrações do Autocine

O Autocine tem sido uma alternativa cultural em tempo de pandemia e ainda traz a nostalgia do cinema drive-in. Neste domingo (18), produções sul-mato-grossenses serão exibidas na telona e devem entusiasmar a garotada: “Cordilheira de Amora II”, “Ser criança em Campo Grande” e “Princesa Pantaneira”. Também terá a participação especial do grupo campo-grandense Arte DEAC que contará uma história inédita gravada em vídeo baseada no primeiro livro de Ziraldo. Os ingressos são de graça, porém limitados. Devem ser retirados na Praça dos Imigrantes na sexta-feira (16) das 8h às 17h. A sessão acontece às 18h.

O evento é uma realização do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, por meio da Fundação de Cultura em parceria com a Prefeitura Municipal de Campo Grande (Sectur e SIsep), Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, com o apoio do Sesc-MS (Serviço Social do Comércio).

Sobre as produções

“Cordilheira de Amora II” é um documentário espontâneo, filmado com celular na Aldeia Amambai, fronteira do Brasil com o Paraguai. Lá, uma índia Guarani Kaiowá, Cariane Martines de 9 anos, transforma seu quintal num experimento do mundo. Ela cria histórias e personagens que alargam sua solidão em brincadeiras, sonhos e projetos. A direção é de Jamille Furtado e o documentário foi gravado em 2015.

Já a animação “Ser Criança em Campo Grande” foi produzido em 2011 com a direção de Tina Xavier e conta a história de duas crianças que relatam seu dia vivido na capital do Mato Grosso do Sul. Imaginam a cidade governada por crianças super-heroínas, com chuva de doces e balas, transformada em uma docelândia, sorvetelândia e guaranalândia. Elas declaram o seu amor pela cidade.

Outro curta animação a ser exibido no Autocine é o “Princesa Pantaneira”. Com direção de Constantina Xavier Filha, feito em 2012, tem o enredo de Camuela que recebeu dos bichos do pantanal o apelido de Princesa Pantaneira. Um dia, ao ouvir um grito apavorante, Camuela arruma a maleta com sopa paraguaia, arroz carreteiro, arroz com pequi, tereré e uma porção de guavira e parte para a aventura mais importante da sua vida.

 

(Divulgação: Portal MS)

Veja também: Tiago Leifert fala da expectativa para nascimento da filha

Veja também

Autocine exibe o filme nacional “O Bem Amado” nesse domingo

Nesse domingo (25), os apaixonados por cinema podem acompanhar o filme nacional “O Bem Amado” …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *