2 março 2021, 3:13
Crédito: Marcos Corrêa/PR

Bolsonaro pode indicar Jorge Oliveira para vaga no TCU

De acordo com informações de fontes próximas ao presidente Jair Bolsonaro, ele deve indicar o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Jorge Oliveira, para a próxima vaga a ser aberta no Tribunal de Contas da União (TCU), com a aposentadoria do ministro José Múcio Monteiro.

O nome de Jorge Oliveira era um dos preferidos do presidente para uma das vagas no Supremo Tribunal Federal (STF), já que o ministro é um dos homens da sua confiança.

Oliveira, no entanto, resistia à indicação para a Suprema Corte e, de acordo com uma das fontes, preferiu a chance de ir para o TCU.

José Múcio se reuniu na semana passada com o presidente Jair Bolsonaro e informou que apresentará o pedido de aposentadoria essa semana, para valer a partir de 31 de dezembro. A decisão surgiu como solução para Oliveira.

No início do ano, com a saída de Sergio Moro do Ministério da Justiça, o presidente também quis indicar Oliveira para a pasta mas, mais uma vez, o ministro resistiu e o cargo terminou nas mãos do então Advogado-Geral da União André Mendonça.

Bolsonaro já indicou o desembargador Kássio Nunes para a vaga do ministro do STF Celso de Mello, que se aposenta no dia 13. O nome pegou de surpresa aliados no Congresso e ministros do STF, que davam como certa a indicação de Jorge Oliveira.

No entanto, Bolsonaro terá ainda uma segunda vaga, em 2021, com a aposentadoria compulsória de Marco Aurélio Mello. Com a indicação ao TCU, Oliveira sai da disputa.

O ministro terá que passar por uma sabatina na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado e depois pela aprovação no plenário da Casa.

Veja também: Mourão diz que operações na Amazônia vão até final de 2022

(Com informações do Poder 360)

Veja também

Nomes para disputa do governo em 2022 já surgem nos bastidores

Articulações começam a ser feitas e partidos dizem ser cedo ainda Entrou o ano e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *