21 outubro 2020, 3:28
Divulgação

Mais de 300 lojas de Pedro Juan Caballero são reabertas

Manifestação que prometia mais de duas mil pessoas foi suspensa

Sem resposta há mais de 150 dias para reabertura oficial das fronteiras entre Paraguai e Brasil, os comerciantes de Pedro Juan Caballero estão decidindo por conta própria colocar a economia para circular. Com isso, das 550 lojas fechadas, cerca de 350 já voltaram a funcionar em horário flexível, de acordo com Victor Hugo Barreto, presidente da Câmara de Indústria, Comércio, Turismo e Serviço de Pedro Juan Caballero.

A retomada das atividades seria na região da Ponte da Amizade, entre Ciudad Del Este e Foz do Iguaçu (PR), e em Salto del Guairá, perto de Mundo Novo (MS) e Pedro Juan Caballero. Parte das barreiras montadas pelos militares foram desativadas, dando acesso a moradores de Ponta Porã e de cidades vizinhas.

O que era para voltar a normalidade na última terça-feira (29), agora, está sem data para acontecer. ”Hoje tivemos uma reunião com o representante do governo e nada foi definido, ainda não tem uma data prevista para o retorno oficial. Estamos do mesmo jeito, o governo ainda não deu o resultado que estamos esperando”, explica.

(Texto: Izabela Cavalcanti)

Veja também

Preço do arroz começa a estabilizar, diz Cepea

Pesquisadores do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada) indicam que indústrias, insatisfeitas com …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *