21 outubro 2020, 0:48
Arquivo Pessoal

Águia Negra busca pontos na casa do líder

O elenco do Águia Negra chegou ontem em Goianésia onde enfrenta o time da casa, às 18h, no estádio Valdeir de Oliveira, pela terceira rodada do Brasileiro da Série D.

Com dois empates, o representante de Mato Grosso do Sul encara o líder do grupo 5, que venceu suas duas partidas.

Depois do empate por 2 a 2 com o Real Noroeste-ES, sábado (26), o elenco comandado por Gelson Conte realizou treinos domingo e segunda-feira.

“Nosso grupo evoluiu, temos de cuidar desse início de jogo, que nós pecamos aqui (em Rio Brilhante), e em Rondonópolis (diante do União-MT)”, disse o treinador por telefone.

Sobre possível favoritismo do Goianésia, pela condição na tabela de classificação, Conte receita personalidade dentro de campo aos jogadores.

“Precisamos ter coragem de jogar o jogo, marcarmos forte o adversário porque a competição exige, tem essa característica. Respeitamos o adversário, mas não podemos temer”, acrescenta.

Para o técnico, o time chegará ao nível que considera ideal na quinta rodada, dia 10 do mês que vem, contra a Aparecidense.

“Eu acredito que depois de passar esse jogo e o do Goiânia, a gente esteja em uma condição melhor para enfrentar os adversários”, projeta Conte.

“A gente tá vendo que tá evoluindo principalmente na entrega, na pegada. Mesmo saindo atrás, a gente fez um grande segundo tempo (com o Real Noroeste)”, completa.

Segundo o treinador, entre os objetivos imediatos junto ao elenco estão diminuir os erros e aprimorar o conjunto na parte tática.

A partida desta noite será a primeira do Águia no meio de semana, sem o intervalo de seis dias entre os jogos.

Por outro lado, sobre a preocupação com a parte física dos atletas, Conte valoriza a qualidade do grupo.

“A gente sabe que vamos ter de usar todo mundo, é uma situação normal. Mas, os que estão entrando nos jogos, estão me dando uma condição boa, de resultados, manutenção de rendimento”, responde.

Do mesmo modo, pretende manter a mesma escalação da última rodada com Lúcio; André, Virgulino, Jonatan, e Rafael Franco; Darlan. Gugu, Mutuca e Mário; Kareca e Adriano.

“Vou repetir a equipe, até pelo rendimento que teve. Cabe ressaltar que aqueles que entraram no segundo tempo, mantiveram o ritmo do jogo e isso também é importante que aconteça”, explica Conte.

(Texto: Luciano Shakihama)

Veja também

Felipão estreia no Cruzeiro contra Operário-PR fora de casa

Quarto técnico a comandar o Cruzeiro nesta temporada, Felipe Scolari reestreia na Raposa na noite …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *