29 outubro 2020, 3:17
Reprodução/Agência O Dia

Ruas de Campo Grande vão receber estações de pré-embarque

As avenidas Marechal Deodoro/Gunter Hans e Calógeras e a rua Rui Barbosa também vão receber estações de pré-embarque semelhantes às da rua Brilhante. A informação é do secretário municipal de Infraestrutura, Rudi Fiorese.

O projeto da avenida Marechal Deodoro já está na fase de licitação e, nesta semana, a prefeitura deve abrir a proposta de preço. De acordo com o secretário, a empresa vencedora será responsável pela execução de toda a obra. O investimento previsto para a obra é de R$ 12 milhões e prevê a execução de obras de drenagem em 1,1 km da via, além do recapeamento de 5,5 km de asfalto.

“Desta vez, é uma licitação só. Então, a empresa vai executar toda infraestrutura, recapeamento e as estações de pré-embarque”, explicou.

Última etapa da implantação do corredor sudoeste, a obra na Marechal Deodoro vai começar em frente ao Terminal Bandeirantes e segue até o Terminal Aero Rancho. Neste trecho, as estações de pré-embarque devem ser instaladas rente ao canteiro central. Ao todo serão oito estações, quatro em cada sentido da via.

O projeto da avenida Calógeras está em fase de finalização. A expectativa da Sisep (Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos) é abrir a licitação ainda neste ano, assim como o da Rui Barbosa.
Entretanto, a verba para a obra da rua Rui Barbosa não vem do mesmo recurso, do Pac Mobilidade, como as demais. Ela será executada com verba da segunda etapa do Reviva Campo Grande.

“Houve uma mudança e agora será financiada junto com o Reviva, com verba do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento)”, assegurou o secretário.

16 estações de pré-embarque

As estações de pré-embarque fazem parte da implantação de corredores exclusivos para ônibus em Campo Grande. Ao todo, 16 estações já foram licitadas e estão sendo instaladas na Capital. Destas, apenas quatro estavam praticamente finalizadas, sendo uma na Rua Guia Lopes e três na Rua Brilhante, onde está prevista a implantação de quatro estações de pré-embarque.

Na Avenida Bandeirantes, serão instaladas sete e na rua Bahia, outras quatro. Elas foram licitadas com o custo de R$ 831,3 mil. O valor final, no entanto, será maior, pois estão sendo feitas adequações no projeto.

Atualmente, as obras estão há mais de dois meses paralisadas por conta das readequações. Segundo o titular da Sisep, os trabalhos serão retomados ainda neste mês. Contudo, não há previsão para que as estações comecem a ser utilizadas pelo sistema de transporte público da Capital.

(Texto: Rafaela Alves)

Veja também

Vacinação contra aftosa começa dia 1ª de novembro

A segunda etapa para vacinação contra a febre aftosa, que é obrigatória para bovinos e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *