25 fevereiro 2021, 20:23
Reprodução/VEJA

Mourão afirma que planeja criar agência para monitorar desmatamento

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, afirmou nesta sexta-feira (18) que pretende criar uma Agência Nacional de Monitoramento do Desmatamento. Mourão comentou que ainda irá propor a iniciativa para o presidente Jair Bolsonaro, ao Conselho Nacional da Amazônia Legal e ao Congresso Nacional.

Segundo ele, é preciso integrar os diferentes sistemas do governo federal que mensuram, a partir de imagens de satélites, as queimadas e ações ilegais de desmate no Brasil.

“Temos de melhorar o monitoramento e o alerta. O Prodes e o Deter [sistemas do Inpe] são bons sistemas, mas eles ainda têm falhas. Precisamos de uma agência, a exemplo dos Estados Unidos, que têm a NRO, a National Reconnaisance Office, subordinada ao Ministério da Defesa norte-americano. Nós precisamos de uma agência que integre os nossos sistemas e, com isso, ter 1 custo menor sendo mais eficiente”, afirmou.

Sobre a agência, Mourão não descartou a possibilidade do órgão ter caráter civil. Pode ser uma agência civil ou estar dentro da estrutura do Ministério da Defesa. Isso vai ser discutido no Conselho [Nacional da Amazônia Legal] e submetido ao presidente da República e ao Congresso Nacional”, disse.

A declaração de Mourão ocorreu durante debate virtual promovido pelo Instituto para Reforma das Relações entre Estado e Empresa (Iree). Participaram do evento o ex-ministro do governo Michel Temer, Sérgio Etchegoyen (Gabinete de Segurança Institucional) e Raul Jungmann (Defesa).

(Com informações do Poder 360)

Veja também

Soraya Thronicke considera uma vitória aprovação de projeto que facilita compra de vacinas anti-Covid pela iniciativa privada

A senadora Soraya Thronicke (PSL/MS) considera uma vitória a aprovação, na noite desta quarta-feira (24/02), …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *