27 setembro 2020, 23:32
Crédito: Divulgação

Anvisa autoriza inclusão de mais 5 mil voluntários em estudo da vacina

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou a inclusão de mais 5 mil voluntários brasileiros nos estudos da vacina contra a covid-19 desenvolvida pela Universidade de Oxford em parceria com a farmacêutica AstraZeneca.

A princípio, os testes contariam com 5 mil participantes, porém o número foi ampliado para 10 mil após pedido da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), responsável por coordenar os estudos no país.

Agora, passarão a fazer parte do ensaio clínico voluntários de Natal, Porto Alegre e Santa Maria. Os testes nesses centros serão conduzidos pelo Centro de Pesquisas Clínicas de Natal (CPCLIN), Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), respectivamente. Os novos participantes se somarão aos voluntários recrutados em São Paulo, Rio e Salvador.

Conforme a Unifesp, não haverá uma divisão exata do número de voluntários em cada local. “Será livre recrutamento, até alcançar o número de cinco mil selecionados”, disse a instituição, em nota.

(Com informações da Istoé)

Veja também

Custo da cesta básica cai 5,3% na Capital, mas nem chega ao bolso dos consumidores

Pesquisa da equipe do jornal O Estado comparou valores de alimentos nas últimas três semanas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *