1 outubro 2020, 15:57
Reprodução/Reuters

Irmã de Evo Morales morre vítima de covid-19

Esther Morales, irmã do ex-presidente boliviano Evo Morales, morreu no domingo (16) vítima de covid-19. Ela estava internada desde o dia 9 de agosto, na cidade de Oruru, sudoeste da Bolívia.

Evo Morales usou seu perfil no Twitter para lamentar a morte da irmã: “Dói-me não me despedir da minha irmã, que foi uma mãe para mim, agradecer-lhe o seu amor, a sua honestidade e coragem acompanhando-me e sofrendo até prisões, como em Oruro, em 2002, por pedir a minha liberdade”.

“Esther era uma mãe. Quando fui preso e confinado como líder, ela me defendeu e exigiu minha liberdade. Ela me acompanhou nos momentos mais difíceis, independentemente de retaliação. Ela nunca ocupou cargos públicos, apesar de, no golpe de 2019, sua casa ter sido queimada e perseguida”, escreveu o ex-presidente boliviano.

Evo Morales abordou o fato de não poder estar na Bolívia. Ele vive como refugiado na Argentina. Em meio a protestos, Evo renunciou à Presidência em 10 de novembro e depois foi ao México. “Por que tanto ódio, racismo e perseguição política que me impedem de ver minha única irmã pela última vez. Para mim, Esther, ela era minha mãe. A história julgará”, disse.

(Com informações: Poder 360)

Veja também

Trump media acordo de paz entre Israel e Emirados Árabes

Nesta quinta-feira (13), Donald Trump, ajudou a intermediar acordo de paz histórico entre Israel e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *