8 agosto 2020, 7:18
Crédito: Divulgação/Agesul

Governo de MS investe R$ 50 milhões na construção de pontes

O Governo de Mato Grosso do Sul vai investir cerca de R$ 50 milhões para a construção de 56 pontes de concreto para substituir estruturas de madeira que estão desgastadas. O investimento acontece por meio da Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul).

Conforme informações da Agesul, foram contabilizadas 20 pontes que estão efetivamente em construção, representando um investimento de R$ 25 milhões. Outras 36 pontes já estão na fase de elaboração ou contratação dos projetos e devem receber aplicação estimada de R$ 24,7 milhões.

Programa Mais Pontes

A construção dessas estruturas faz parte do “Programa Mais Pontes”, criado pelo Governo do Estado para realizar, de forma programada, a substituição de pontes de madeira por pontes ou galerias de concreto, que são materiais mais duráveis e que requerem menos manutenção. O Programa abrange os 79 municípios do Estado.

Das 56 pontes em execução – seja em fase de construção ou ainda em projetos-,  quase 50 fazem parte das demandas listadas no “Governo Presente”, pacote de obras criado para atender as necessidades dos municípios nas áreas de saúde, educação, segurança e, em especial, infraestrutura.

Com investimento de R$ 25.750.335,68, as pontes que já estão em construção são:

  • Rio Aquidabã (Porto Murtinho\MS-382);
  • Córrego Roncador (Pedro Gomes\ estrada vicinal);
  • Ribeirão dos Bois (Água Clara \ MS-324);
  • Rio Iguatemi (Coronel Sapucaia\ estrada vicinal);
  • Rio Samambaia (Batayporã\ estrada vicinal);
  • Rio Cumandaí – dois trechos (Naviraí\ Avenida Weimar Gonçalves Torres \ Anel Viário de Naviraí);
  • Rio Negro (Rio Negro\ estrada vicinal);
  • Rio Negrinho (Rio Negro e Rio Verde de Mato Grosso);
  • Córrego Mimoso (Paraíso das Águas\ rodovia de acesso ao Laticínio);
  • Córrego Figueira (Coxim\ estrada vicinal);
  • Rio Aquidauana (na divisa dos municípios de Bandeirantes e Corguinho);
  • Rio Ribeirão Taguaruçu (Anastácio\MS -170);
  • Vazante II do Rio Branco (Porto Murtinho\MS-458);
  • Córrego Cascavel (Costa Rica);
  • 3 pontes na MS-243 \Fazenda Jatobá (Corumbá).
  • Córrego Cachoeira (Maracaju)
  • Córrego Taguaruçu (divisa de Nioaque\Anastácio

(Texto: Izabela Cavalcanti com informações da assessoria)

Veja também: MS ocupa 4º posição no ranking de informações sobre covid

Veja também

Brasil soma 99,5 mil mortes e quase 3 milhões de casos

O Brasil registrou mais 1.079 mortes pelo novo coronavírus Sars-CoV-2 em um período de 24 …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *