8 agosto 2020, 7:11
Reprodução/Facebook

Comerciante vítima de latrocínio levou oito facadas em Corumbá

A comerciante Liane Aparecida de Arruda, 51, foi encontrada morta na manhã de domingo (12), com oito perfurações no pescoço. O dinheiro da vítima que estava no cofre, em sua bolsa, e jóias, foram levados no crime que chocou a população de Corumbá.

Segundo Diário Corumbaense, o corpo de Liane Arruda foi encontrado após um funcionário estranhar a demora da comerciante em abrir o estabelecimento. Ele foi até a casa da irmã da vítima com a ajuda de uma outra pessoa, eles conseguiram entrar na casa que fica anexa ao prédio do restaurante e em seguida a viram de bruços, morta.

O delegado plantonista da Polícia Civil, Willian Rodrigues, revelou que a vítima estava amordaçada e com as perfurações no pescoço. O assassino usou possivelmente um canivete ou objeto cortante similar, de acordo com o delegado.

Foram encontrados no veículo da vítima, garrafas de cerveja, o CPU que armazenava imagens de câmaras de segurança do restaurante da vítima e um “pó branco”, que pode ser entorpecente, que ainda serão periciados. A maçaneta da porta do lado do motorista também tinha vestígios de sangue.

O Fox, de cor preta, foi abandonado no final da rua América, no bairro Aeroporto, ao lado da pista de pouso e decolagem do Aeroporto Internacional de Corumbá. As imagens de câmeras de segurança que ficam ao redor do restaurante, na esquina das ruas América e Major Gama, serão solicitadas pelos investigadores da Polícia Civil.

(Texto: João Fernandes)

Veja também

Homem é flagrado com drogas em cesta café da manhã

Um homem identificado como Getúlio Mesquita, 26, foi preso por policiais do Departamento de Operações …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *