5 agosto 2020, 21:14
Crédito: Valentin Manieri

Tábuas de frios em forma de amor

Médica veterinária aposta no empreendedorismo e dá vida a empresa ‘Frios In Casa’ e hoje atende a vários eventos

Apaixonada por criar tábuas de frios e cestas café da manhã personalizadas, Natália de Barros Mattosinho, de 33 anos, deixou a carreira de médica veterinária que exerceu por 10 anos, para dar vida a sua própria empresa. A ‘Frios in casa’ nasceu dentro da cozinha da família da empresária, como uma brincadeira, e hoje atende eventos, datas especiais e até casamentos.
Com receio de arriscar e sem ter ideia do quanto o seu talento poderia fazer sucesso, a veterinária montou sua primeira tábua de frios em janeiro de 2019, enquanto ainda se dedicava a saúde dos pets. A partir daí, nunca mais deixou de levar sua marca para o coração e às mesas das famílias sul-mato-grossenses.

“A frios começou meio que na brincadeira, eu resolvi fazer umas fotos, postei no instagram. Depois de um tempo veio o meu primeiro pedido, minha primeira cliente estava de casamento marcado, ela participava daqueles grupos de noivas, ela fez a encomenda, gostou e mandou no grupo, aí os contatos começaram a conhecer o meu trabalho e foi aí que a frios começou a andar mesmo”, relembra.

Após oito meses, dividida entre o amor aos animais e o novo empreendimento, ela e a mãe, sua fiel escudeira, dona Elizabeth Naban de Barros Mattosinho, de 62 anos, começaram a se dedicar integralmente nas montagens das tábuas e produção de geleias, pastas, tortas e biscoitos.

“No começo eu conciliava a profissão de veterinária com a montagem das tábuas. Aí uma cliente pediu uma tábua para comer no café da manhã, outras pessoas pediam propostas de cesta. Com isso comecei a investir nas cestas também. Eu fiquei nisso por oito meses, aí foi quando eu deixei a veterinária de lado e resolvi investir na ‘Frios In Casa’”, conta a empreendedora.

Natália revela que sua história de amor com receitas e composições para frios é antiga e além do hobbie que virou fonte de renda, sua experiência de trabalho foi uma ponte para que soubesse colocar tudo em prática.

“No fundo eu sempre tive uma ligação com esse tipo de serviço, parte da minha profissão eu trabalhei como veterinária, mas eu também trabalhei em indústria de alimentos, próxima de laticínios, então de alguma forma eu sempre tive uma conexão com essa área”, explica.

Diferencial

O trabalho da ‘Frios In Casa’ é totalmente personalizado, onde Natália e a mãe colocam cada item com amor e singularidade para a pessoa que irá receber. “Até hoje, quando o cliente entra em contato e pede foto eu explico que as encomendas nunca ficam iguais as outras. Porque eu deposito um pouco da história, o que o cliente fala, qual é a ocasião. Cada encomenda é uma superação e uma paixão nova, é uma paixão nova mesmo”, explica emocionada.

Mãe e filha colocam literalmente a mão na massa. Além de criar cestas e tábuas incríveis, as duas conseguem ainda confeccionar algumas das guloseimas que chegam aos clientes.

“Somos nós quem fazemos as geleias de frutas vermelhas, morango, figo, damasco, abacaxi com gengibre e as pastas de coalhada síria, que é uma receita de família. Todo mundo que come elogia bastante, inclusive ela é o carro-chefe das nossas pastas. Todas as opções que temos das tábuas ela está inclusa, só mudamos se o cliente pedir. E além disso temos caponata de berinjela, patê de ervas frescas, pasta de queijo com nozes, aí fazemos queijo brie folhado. As tortas e os biscoitos somos nós quem fazemos também”, revela.

Na busca por um atendimento seleto, Natália conta como uniu facilidade para seu público à particularidade de cada cliente. “Para facilitar o primeiro contato, nós temos uma tabela de sugestões. A pessoa fala o que ela deseja e nós vamos desenvolvendo a conversa. Antes atendíamos bem mais personalizado, só com a demanda nós acabamos montando um cardápio de sugestões, mas claro que isso não impede de mudarmos alguns itens para deixar do agrado do cliente. O legal é a pessoa receber algo que sai do tradicional e que ela olhe e vê que a pessoa prestou atenção no que ela gosta”, afirma.

Antes da pandemia elas ofereciam a opção de ir até a casa dos clientes e montar direto na mesa da pessoa, obedecendo cada detalhe, realidade que mudou após a chegada do coronavírus. “Antes da pandemia, nós íamos até a casa do cliente e montávamos a mesa de frios. As mesas funcionam com mais de 20 pessoas e fazemos de acordo com aquilo que o cliente deseja. Já atendemos aniversário de criança, até casamento. De acordo com cada público nós damos sugestões e oferecemos para eles o nosso melhor, procurando sempre deixar nossa marca”, expõe.

A empresária conta que o objetivo é investir em algo diferente e levar para cada casa um pouquinho do amor que enche o coração confeccionando os produtos. “Queremos investir em algo diferente. Em uma cesta padrão mandamos bolo, suco de uva, frutas, assamos o pão de queijo alguns minutos antes de entregar, presunto, salame, queijo, chocolate, os biscoitos que nós fazemos, o pão é do dia, tentamos mandar tudo fresco. A ideia é que a pessoa coma aquilo com os olhos, a mistura de cores, a pessoa olhar e ficar procurando o que tem e ficando surpresa”, conclui.

Serviço: Todas as tábuas e cestas da ‘Frios In Casa’ são feitas para presentear e tornar reuniões e momentos inesquecíveis. Tudo é feito por encomenda através do telefone (67) 99842-4075 e para mais informações, dá uma olhadinha no Instagram da empresa, @friosincasa.

(Texto: Karine Alencar e Bruna Marques)

Veja também

“O Grilo Feliz e os Insetos Gigantes” é animação do próximo

Filme para as crianças conta a história de grilo sonhador O Dia dos Pais tem …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *