6 julho 2020, 8:38
Reprodução/Shutterstock

Moagem de cana-de-açúcar chega a 41,74 milhões de toneladas

A quantidade de cana-de-açúcar processada pelas unidades produtoras da região Centro-Sul totalizou 41,74 milhões de toneladas na 1ª metade de junho, queda de 1,91% sobre o valor apurado na mesma quinzena da safra 2019/2020 – 42,55 milhões de toneladas.

No acumulado desde o início do ciclo 2020/2021 até 16 de junho, a moagem atingiu 186,57 milhões de toneladas – crescimento de 8,77% no comparativo com o mesmo período do último ciclo agrícola.

“O clima mais seco nos dois primeiros meses de safra permitiu esse avanço de quase 10% na moagem de cana-de-açúcar neste ano. Na primeira quinzena de junho, entretanto, foi registrado baixo aproveitamento de moagem em algumas regiões, com destaque para as regiões produtoras em Assis, Piracicaba, Paraná e Mato Grosso do Sul”, esclarece Antonio de Padua Rodrigues, diretor técnico da UNICA.

Vendas de açúcar e de etanol

As vendas de açúcar pelas usinas do Centro-Sul mantiveram o ritmo observado das últimas quinzenas e seguiram aquecidas na primeira metade de junho. A quantidade exportada pelas unidades do Centro-Sul somou 1,02 milhão de toneladas, com alta de 43,34% na quinzena.  No acumulado desde o início da safra 2020/2021 até 16 de junho, o crescimento atinge 60,56%, com a exportação de 4,88 milhões de toneladas.

As saídas do adoçante para o mercado doméstico, por sua vez, acumulam 1,83 milhão de toneladas vendidas neste ciclo agrícola, com crescimento de 5,52% sobre o índice registrado no mesmo período de 2019.

O volume de etanol comercializado pelas unidades produtoras nos primeiros quinze dias de junho deste ano somou 1,18 bilhão de litros, com retração de 10,50% no comparativo com igual período de 2019 (1,31 bilhão de litros). Desse total, 121,99 milhões de litros foram destinados para o mercado externo e 1,05 bilhão de litros vendidos domesticamente.

No mercado interno, as vendas de etanol hidratado alcançaram 735,79 milhões de litros na primeira metade de junho, com redução de 19,61% sobre o montante apurado no mesmo período da última safra (915,23 milhões de litros). A quantidade comercializada de etanol anidro, por sua vez, registrou queda de 10,74%, com 317,71 milhões de litros vendidos em 2020 contra 355,92 milhões de litros em 2019.

Apesar da melhora, no acumulado desde o início da safra 2020/2021 até 16 de junho, as vendas de etanol pelas empresas do Centro-Sul acumularam retração de 24,83%, somando 5,15 bilhões de litros. Desse total, 349,88 milhões de litros foram destinados à exportação e 4,80 bilhões ao mercado interno.

(Texto: João Fernandes com Rural News MS)

Veja também

Mega-Sena acumula e próximo sorteio será de R$ 33 milhões

Na Mega-Sena, sorteada neste sábado (04), não teve nenhum ganhador, fazendo assim acumular novamente. O …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *