3 julho 2020, 19:23
Reprodução/Internet

Auxílio emergencial de R$600 será prorrogado por dois meses

O ministro da Economia, Paulo Guedes, informou nesta terça-feira (30) que o auxílio emergencial será estendido por mais dois meses no valor de 600 reais.

A confirmação foi feita para a CNN Brasil. Guedes depois mencionou a extensão, mas sem especificar o valor ou período, em audiência pública da comissão mista do Congresso Nacional que acompanha a situação fiscal e a execução das medidas do governo federal contra o coronavírus.

Segundo ele, o anúncio será feito pelo presidente Jair Bolsonaro em cerimônia marcada para as 16 horas. A extensão no mesmo valor não exige uma nova legislação e pode ser feita por decreto. Antes, a ideia do governo era estender o auxílio em parcelas decrescentes, mas houve resistência do Congresso.

O ministro reconheceu que o déficit primário deste ano provavelmente passará de 15% do Produto Interno Bruto (PIB), e também afirmou ter receio de que a dívida bruta passe de 100% do PIB.

Por outro lado, o ministro afirmou que, após um “total colapso” em abril, a arrecadação em maio subiu dois dígitos em relação ao mês anterior e avançou ainda mais rápido na primeira quinzena de junho.

Guedes também afirmou que o secretário especial de Receita, José Tostes Neto, lhe relatou na véspera que a arrecadação deste mês já supera a observada no mesmo mês do ano passado.

(Texto: Exame)

Veja também

Setor de turismo receberá ações para minimizar prejuízos

Foi desenvolvida a pesquisa de sondagem empresarial, com o objetivo de levantar os impactos da …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *