6 julho 2020, 7:20
Crédito: Reprodução

Cerca de 60% da indústria trabalha com ociosidade, diz CNI

Nesta segunda-feira (29), o presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga de Andrade, disse que por conta da pandemia muitas industrias estão atuando com cerca de 60% da sua capacidade normal.

De acordo com Andrade, os segmentos da indústria considerada essenciais, com a de alimentos, por exemplo, até têm trabalhado mais que o normal para atender ao aumento da demanda. “O auxílio emergencial de R$ 600,00 ajudou aumentar a demanda de produtos essenciais”, disse.

Mas o resto da indústria, segundo Andrade, tem vivido uma situação muito ruim. Ele aponta como setores que estão enfrentando dificuldades os segmentos de eletrodomésticos e mobiliários, entre outros.

O presidente da CNI elogiou a regulamentação da MP 936 que permitiu a redução da jornada de trabalho e salários por ela propiciar que as empresas possam segurar os empregos de todos os setores da economia, mas especialmente da indústria, que trabalha com funcionários de elevada qualificação.

Veja também: SP multará cidadãos sem máscara em R$ 500 e comércio em R$ 5 mil

(Texto: Inez Nazira com informações do IstoÉ)

Veja também

Com reservas em alta, Bonito retoma atrativos

Hotéis, pousadas e atividades cumprem protocolos de biossegurança Com rigoroso sistema de prevenção contra a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *