13 julho 2020, 15:27
Crédito: Reprodução/Internet

Pets precisam ser ensinados a fazer as necessidades no lugar certo

Chegar em casa e encontrar uma poça de xixi fora do lugar não é nada legal. Além da sujeira e do mau cheiro que podem ficar no ambiente. É muito comum encontrarmos donos de cachorros que sofrem com os problemas comportamentais do pet. Um dos fatores que mais preocupam é o local onde os animais fazem suas necessidades fisiológicas. Mesmo com muitas tentativas de adestramento, algumas pessoas não têm êxito quando o assunto é ensinar bons modos aos bichinhos.

A falta de sucesso dos tutores em ensinar os bichinhos a fazerem xixi no lugar certo pode ser a forma como a lição está sendo ensinada. Marcelo Monteiro, professor do Curso de Medicina Veterinária da Uniderp, explica que antes de ensinar é preciso condicionar o animal.

“Inicialmente, deve-se restringir o filhote a um local repleto de jornais ou fraldas pets, para que o animal se acostume a urinar e defecar apenas sobre os materiais e, gradativamente, ir retirando estes da maior parte do recinto até que sobre apenas um pequeno espaço e perceba que o filhote apenas realizará suas necessidades fisiológicas sobre esse material.”

Se o cachorro se acostumou a fazer necessidades sempre em um local inadequado como, por exemplo, ao lado da mesa ou na sala de jantar, educadores sprays podem ajudar, mas não é o essencial. “Os sprays ajudam a limitar que o filhote faça necessidades naquele local específico, porém vão achar outro lugar indesejado para realizá-las. É muito mais simples treiná-lo a fazer em um local próprio”, orienta o profissional.

É importante que os tutores saibam que existem formas de desacostumar o animal, sem restringir o acesso dele ao cômodo. “Pra que isso ocorra basta ficar atento, durante um ou dois dias, a cada ação do cão. Quando ele for realizar suas necessidades o tutor deve movê-lo até o local desejado e recompensá-lo com petiscos ou afago para que ele associe o ato de realizar suas necessidades no local correto com uma boa recompensa”, esclarece o professor.

A agressão não é uma boa maneira de repreendê-lo, jamais! “O modo correto é com uma postura adequada, ombros eretos e de imposição. Uma voz de comando firme, utilizando-se, por exemplo, da palavra ‘não’, evitando, por um certo período, de afagá-lo, carregá-lo no colo, ou algo que proporcione uma sensação de prazer a ele”, ensina.

Condutas que não devem ser tomadas

Esfregar o focinho do cão sobre as fezes não funciona! Uma vez que a memória do cão dura aproximadamente 3 segundos, a repreensão deve ser imediata. Repreensões amigáveis é o recomendado. “Nunca repreender o animal com palavras de carinho, imaginando que o cão irá entendê-las, se o cão abanar o rabo no momento, sua repreensão foi feita de maneira errada”, revela.

Tratar seu cão como um ser humano não é uma boa opção, isso faz com que o treinamento se torne muito mais difícil. “É importante que os tutores não confundam não humanização do cão com deixar de afagar ou dar carinho a ele, apenas que um cão é um cão e não uma pessoa”, aconselha.

Treinamentos

O tempo de treinamento varia de acordo com as raças e com a personalidade de cada cão. O adestramento não ensinará seu cão a urinar e defecar no local certo, ele ensinará comandos básicos como: senta, deita, role, etc. “É como quando enviamos nosso filho a uma escola, os ensinamentos básicos devem ser feitos dentro de casa, a não ser que o proprietário aceite que o treinador o faça dentro de sua casa”, expõe.

Em caso de cães mais velhos o treinamento não precisará ser diferente. “O treinamento é o mesmo para todas as idades. Cães mais velhos têm suas manias, mas podem ser treinados do mesmo jeito, em alguns casos, pode demorar um pouco mais para aprender, mas é possível”, completa.

(Texto: Bruna Marques)

Veja também

Protagonismo do povo surdo são assuntos do MS em Pesquisa

A comunidade surda vem ganhando presença na sociedade, em razão do protagonismo deles na busca …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *