10 julho 2020, 8:10
Crédito:Reprodução Internet

BNDES pode garantir investimentos no abastecimento de água em MS

Pela primeira vez em sua história, a Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul (Sanesul) está construindo um relacionamento com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

A estatal pretende buscar novas linhas de crédito para investir em obras de ampliação e modernização da infraestrutura de abastecimento de água no Estado de Mato Grosso do Sul.

Com essa parceria, a Sanesul busca melhorar a gestão e a operação dos Sistemas de Abastecimento de Água nas 128 localidades em que atua, ou seja, é mais qualidade no fornecimento de água tratada para mais de 1,3 milhão de sul-mato-grossenses.

Com novos financiamentos, será possível a modernização de todo o sistema de água como o da telemetria, automação, recuperação de estações de tratamento de água, reservatórios, substituição do parque instalado de macromedidores e micromedidores.

“O Banco ficou impressionado com os nossos números contábeis, performance financeira e também com a estrutura administrativa da Sanesul. A reunião por videoconferência [que fizemos com eles] foi o primeiro passo para estabelecer uma parceria de novos tipos e fontes de  financiamento com o BNDES, que também é um banco público”, comentou o diretor de Administração e Finanças da Sanesul, André Soukef.

“A parceria entre a Sanesul e o BNDES vai fazer com que a empresa avance ainda mais na qualidade de seus serviços, o que implica na modernização dos seus sistemas de água e, principalmente, no investimento de tecnologia de operação. Isso significa mais modernização em toda a estrutura da Sanesul, o que vai resultar na melhoria da qualidade do serviço e, consequentemente, na qualidade de vida dos nossos consumidores sul-mato-grossenses”, finalizou o diretor-presidente da Sanesul, Walter Benedito Carneiro Jr.

A reunião foi realizada na última terça-feira (26.5). O diretor-presidente e o diretor de Administração e Finanças da Sanesul apresentaram números e toda a estrutura administrativa da empresa para o diretor de Saneamento, Transporte e Logística do BNDES, Jean-Louis Henri Schotte, e para a gerente de Novos Negócios do BNDES, Letícia Barbosa.

(Texto:Ana Beatriz Rodrigues com informações da Portal MS)

Veja também

Covid não diminui investimentos e MS tem R$ 1 bi em obras

Com recursos do Fundersul (Fundo de Desenvolvimento do Sistema Rodoviário) e da Sanesul (Empresa de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *