2 junho 2020, 22:46
Crédito: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Medidas contra Covid-19 podem chegar a R$ 1 tri em breve

Os programas para combater o coronavírus (Covid-19) devem chegar a R$ 1 trilhão nas próximas semanas ou meses, disse o ministro da Economia, Paulo Guedes. Além disso, ele pontuou que o déficit primário já está em 6% do Produto Interno Bruto (PIB).

“(Programas) já passaram dos 800 bilhões, possivelmente chegarão a quase 1 trilhão de reais ao longo das próximas semanas ou meses, por isso é que nós precisamos não só dessa blindagem jurídica, mas dessa blindagem legislativa”, afirmou ele.

Diante da informação, o ministro não especificou quais iniciativas entram na conta dos R$ 800 bilhões.

A equipe econômica divulgou que as medidas que têm impacto nas contas públicas somam R$ 224,6 bilhões até o momento e que a expectativa de déficit primário é de R$ 419,2 bilhões neste ano, equivalente a 5,55% do PIB. De lá para cá, o governo não anunciou nenhum programa novo.

Em pronunciamento, Guedes fez um apelo pela aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) do chamado orçamento de guerra, que dá flexibilidade para o governo descumprir a regra de ouro, que impede o endividamento para pagamento de despesas correntes.

“Peço que haja espírito de união em torno do lema de que nenhum brasileiro será deixado pra trás. Defesa da saúde e dos empregos está acima de quaisquer diferenças”.

Ele completou dizendo que, daqui três ou quatro meses, o barulho natural de uma democracia pode voltar, mas que agora é hora de não explorar politicamente os problemas.

(Texto: Izabela Cavalcanti com informações da Reuters)

Veja também

MEC aprova aulas aos sábados e nas férias após pandemia

Escolas e faculdades deverão utilizar os sábados e o período de férias para cumprir a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *