29 maio 2020, 6:17
Crédito: Prefeitura de Campo Grande

Prefeitura elabora plano para retomar atividades econômicas, começando por agências bancárias

Agências bancárias estão autorizadas a reabrirem a partir de amanhã (31)

Em novo anúncio referente à pandemia do coronavírus (Covid-19), a Prefeitura de Campo Grande optou por elaborar um plano estratégico para retomar atividades econômicas e sociais na Capital, de forma gradual a partir da próxima terça-feira (07), estando autorizados a partir de amanhã (31) a reabertura de serviços que não podem ser realizados em terminais de autoatendimento, como por exemplo, agências bancárias.

 “O retorno das atividades econômicas e sociais gradativamente deve se iniciar a partir da terça-feira [07] para que nós possamos devolver a nossa cidade com protocolos de segurança de vida, todos os meios possíveis para você não perder o seu emprego e não deixar falta comida na sua casa”, enfatiza.

Ainda de acordo com o chefe do Executivo Municipal, cada agência bancária irá disciplinar o seu atendimento, não podendo haver aglomeração e dando preferência principalmente para aqueles que recebem auxílio social

“O objetivo é buscar o equilíbrio entre a economia, educação e o lado social. Gradualmente para garantir à empregados e empregadores uma segurança econômica e sanitária, principalmente a segurança da vida dos quase 415 mil campo-grandenses”, disse o prefeito, ao informar que nesta segunda-feira (30), a prefeitura conversou com empresários no ramo da beleza e com representantes do transporte.

Tele consulta

Começou a funcionar hoje, o serviço de tele consulta para orientação no caso de suspeita de coronavírus, que pode ser feita por meio do número 2020-2170.

“Pelo telefone, o paciente ou alguém da família será orientado por um profissional da saúde pública, no qual, a gente busca dar as melhores alternativas possíveis para tirar qualquer dúvida do cidadão campo-grandense”.

(Texto: Izabela Cavalcanti)

Veja também

Aras: Inquérito das fake news tem “exorbitado dos limites”

O procurador-geral da República, Augusto Aras, afirmou hoje (28) que não mudou de posicionamento sobre …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *