29 março 2020, 11:52
Crédito: Edemir Rodrigues

MS registra primeiro caso de Covid-19 em bebê de três meses

No Brasil, o total de casos confirmados saiu de 2.433 para 2.915

Mais um caso de coronavírus é registrado em Mato Grosso do Sul, dessa vez, a vítima foi um bebê de três meses. No estado já são 25 pessoas contaminadas, sendo 23 em Campo Grande, uma em Sidrolândia e uma em Ponta Porã. As informações constam no boletim epidemiológico, divulgado nesta quinta-feira (26) pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) e por meio de live, no Facebook.

De acordo com informações da Secretaria, o bebê é do sexo masculino e teve contato com um caso positivo. Em contrapartida, o titular da SES, Geraldo Resende, informou que nove pessoas saíram da quarentena e estão curadas.

Desde o dia 25 de janeiro, foram registradas 388 notificações de casos suspeitos do coronavírus em Mato Grosso do Sul. Desse total, 310 foram desconsiderados para o vírus, 299 foram descartados após os exames darem negativo e onze foram excluídos por não se encaixarem na definição de caso suspeito do Ministério da Saúde.

São 53 casos suspeitos que estão em investigação e tiveram as amostras encaminhadas ao laboratório Lacen/MS, onde será feito o exame para nove tipos de vírus respiratórios, incluindo influenza e Coronavírus. Após recebimento das amostras, os resultados ficam prontos de 24h à 72h.

Brasil

Hoje completa um mês do primeiro caso de coronavírus no Brasil. Conforme a última atualização do Ministério da Saúde, o total de casos confirmados saiu de 2.433 para 2.915, com 77 mortes registradas até o momento.

Santa Catarina tem 122 casos confirmados ; Bahia, 104; Paraná, 102; Amazonas, 67; Pernambuco, 48; Espírito Santo e Goiás, 39 cada; Mato Grosso do Sul, 25; Acre, 24; Sergipe, 16; Pará, 13; Alagoas e Mato Grosso, 11;  Maranhão, dez; Piauí , nove; Roraima, oito; Tocantins, sete; Rondônia e Paraíba, com cinco e Amapá apenas um caso confirmado.

Do total de mortes, 58 foram em São Paulo, nove no Rio de Janeiro, três no Ceará, três em Pernambuco, uma no Amazonas, uma no Rio Grande do Sul, uma em Santa Catarina e uma em Goiás.

São Paulo lidera o número de pessoas infectadas, com 1052 casos confirmados. Em seguida vêm Rio de Janeiro, com 421; Ceará, com 235; Distrito Federal, com 200; Rio Grande do Sul, com 158 e Minas Gerais, com 153.

(Texto: Izabela Cavalcanti)

Veja também

Com tempo seco focos de incêndio aumentam 133%

Março ainda não acabou, mas focos de incêndio registrados pelo Corpo de Bombeiros Militar de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *