5 abril 2020, 19:08
Reprodução/Poder 360

Vídeo: Bolsonaro defende isolamento vertical

O presidente Jair Bolsonaro afirmou na manhã desta quarta-feira (25) que o Brasil terá quarentena só para idosos e pessoas portadores de comorbidades. Ele disse que pedirá ao ministro Luiz Henrique Mandetta (Saúde) que seja feito um “isolamento vertical” dos grupos de risco para o novo coronavírus (covid-19).

Bolsonaro deu as declarações na saída do Palácio da Alvorada, residência oficial da Presidência. Havia um grupo de apoiadores que o aguardavam no local.

O presidente ainda disse que “o que os governadores estão fazendo é um crime”. Ele tem videoconferência nesta quarta-feira com os chefes estaduais do Sudeste. O maior incômodo de Bolsonaro é com os governadores do Rio, Wilson Witzel (PSC), e de São Paulo, João Doria (PSDB).

Bolsonaro também falou que sua iniciativa de fazer um isolamento vertical vai ao encontro do que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, tem feito.

O presidente foi criticado por diversas autoridades depois de defender a diminuição das restrições para combater a covid-19. O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), cobrou “responsabilidade” e “seriedade” de Bolsonaro, que foi questionado hoje sobre o caso.

(Texto: João Fernandes com Poder 360)

Veja também

Teto dos servidores entra na fila da Câmara e pode ser votado em dias

Entrou de vez no radar dos líderes das bancadas partidárias na Câmara a regulamentação do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *