28 maio 2020, 23:20
Crédito: Divulgação/Portal MS

Brasil tem 2.201 infectados por coronavírus, em MS são 24 casos registrados

Mato Grosso do Sul registra três novos casos de coronavírus (Covid-19), totalizando 22 casos em Campo Grande, um em Sidrolândia e um em Ponta Porã. No Brasil já são 2.201 infectados com o vírus e 46 mortes.

O número de casos suspeitos que estavam sendo investigados  em MS caiu de 70 para 38. As informações estão no boletim epidemiológico divulgado nesta terça-feira (24) pela Secretaria de Estado de Saúde (SES).

Desde o dia 25 de janeiro, foram registradas 329 notificações de casos suspeitos do coronavírus em Mato Grosso do Sul. Desse total, 267 foram desconsiderados para Covid-19, 256 descartados após os exames darem negativo e onze foram excluídos por não se encaixarem na definição de caso suspeito do Ministério da Saúde.

Os 38 casos suspeitos em investigação tiveram as amostras encaminhadas ao laboratório Lacen/MS, onde será feito o exame para nove tipos de vírus respiratórios, incluindo influenza e Coronavírus. Após recebimento das amostras, os resultados ficam prontos de 24h à 72h.

Brasil

De acordo com a última atualização do Ministério da Saúde publicada nesta terça-feira (24), o total de casos confirmados saiu de 1.891 para 2.201.

Até o momento somente São Paulo e Rio de Janeiro registraram mortes por coronavírus. No estado paulista houve 40 óbitos, e no estado carioca, seis mortes.

Além disso, São Paulo também lidera o número de pessoas infectadas, com 810 casos confirmados. Em seguida vêm Rio de Janeiro, com 305; Ceará, com 182; Santa Catarina, com 107; Minas Gerais, com 130 e Distrito Federal, com 160.

Mundo

Desde dezembro, quando o coronavírus apareceu, o mundo inteiro já registrou cerca de 18.259 mortes, conforme informações do balanço da AFP. Além disso, foram contabilizados mais de 404.020 casos de contágio em 175 países ou territórios.

Os países com mais mortes foram Itália, com 743 novos óbitos, Espanha, com 514, e França, com 240.

(Texto: Izabela Cavalcanti)

Veja também

Pandemia pode levar 86 milhões de crianças à situação de pobreza

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e a organização não governamental Save …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *