5 abril 2020, 1:34
Reprodução/Internet

Cresce o número de cães que sofrem com ansiedade

Se você acha que só os seres humanos podem ficar ansiosos ou estressados, está enganado. Mais do que nunca, estudiosos de todo o mundo buscam detectar esse tipo de sofrimento nos animais. Um estudo realizado pela Universidade de Helsinque, na Finlândia, revelou que o número de cães que sofrem com transtorno de ansiedade tem aumentado consideravelmente.

Os cientistas avaliaram 14 mil cachorros durante a pesquisa. Eles descobriram que esses animais apresentaram comportamentos ligados ao estresse, ansiedade e até algumas fobias. Para os pesquisadores, existem alguns motivos envolvidos. Um deles é a maneira como o pet “absorve” o comportamento de seus tutores.

Pessoas ansiosas criam cães e gatos ansiosos

Responsáveis que sofrem com Síndrome de Burnout, por exemplo, podem transferir aos seus animais de estimação os mesmos sintomas. Isso porque muitos podem chegar em casa estressados e descontar suas frustrações nos cães.

O estudo levou em conta também a vida nos grandes centros urbanos, que pode ser acompanhada de excessos de ruídos e que perturbam consideravelmente os animais. Alguns sintomas nos cachorrinhos exigem cuidados: o latir compulsivo, hiperatividade e destruição de objetos pela casa.

(Texto: Folha de S. Paulo)

Veja também

Dia D: É realizado com ajuda de drones

A dengue já atinge no Estado patamares alarmantes de casos, com mais de 40 mil …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *