29 maio 2020, 1:21
Getty Images

Trump minimiza caso de coronavírus no Brasil e elogia Bolsonaro

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse  que passageiros que chegam do Brasil no território americano estão sendo verificados em aeroportos após a confirmação do primeiro caso de coronavírus no país. Trump, no entanto, ponderou que o território brasileiro conta apenas uma pessoa doente, apesar de suas grandes dimensões.

”É um país muito grande, com apenas um caso, mas ainda assim é um caso. Nós temos países em uma situação muito pior do que a do Brasil, como a Itália e vários outros países com muitos mais casos. A Itália é um problema mais profundo ” disse o presidente dos EUA em uma coletiva de imprensa.

No entanto, sem mencionar o Brasil, Trump não descartou que novos países entrem na lista de restrições de entrada nos EUA, a exemplo da China, de quem cobrou transparência nos índices do coronavírus, se a epidemia evoluir nos seus respectivos territórios nacionais:

” Em algum ponto, dependendo do que acontecer, podemos adicionar alguns países na lista (de restrições de viagens) como fizemos com a China. E esperamos abrir o país para a China o mais rápido possível. e que os números chineses que estamos recebendo sejam verdadeiros.” Trump aproveitou a ocasião para elogiar a relação com o Brasil e o governo federal.

”Nós lidamos muito bem com o Brasil, o presidente Jair Bolsonaro é um grande amigo. Na verdade, ele concorreu com o mote ‘Make Brazil Great Again’ (Tornar o Brasil grande de novo, em português, uma alusão ao slogan do republicano na campanha de 2016 em relação aos EUA), nós temos uma ótima relação. Nós estamos trabalhando com o Brasil.” Disse o presidente americano.

(Texto Agência O Globo)

Veja também

Aras: Inquérito das fake news tem “exorbitado dos limites”

O procurador-geral da República, Augusto Aras, afirmou hoje (28) que não mudou de posicionamento sobre …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *