31 março 2020, 2:24
Foto: Alina Souza / CPMemória

USDA prevê aumento na produção de carne no Brasil em 2020

O escritório no Brasil do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA, na sigla em inglês) emitiu um relatório em que prevê um aumento de 3,4% na produção de carne bovina brasileira neste ano. Em volume de produção, a estimativa é de um incremento de 10,5 milhões de toneladas, conforme a previsão do órgão.

Para os técnicos da USDA no Brasil, o aumento da produção é devido ao aumento da produtividade, aos níveis recordes de exportação e na alta demanda interna.

Em relação a carne suína, a estimativa do USDA é ainda maior. São projetados elevação na casa dos 4,5% na produção, atingindo níveis recordes de aproximadamente 4,2 milhões de toneladas.

O incremento na carne suína é muito influenciado em razão das exportações para a China, a intensa demanda doméstica e ao que o USDA classifica como estáveis, mas relativamente mais altos para este ano, custos de alimentação dos animais.

O relatório do USDA estima ainda que a economia brasileira deva crescer 2% neste ano, com declínio da inflação e das taxas de desemprego, aliado a um aumento do poder de compra dos brasileiros. Apesar disso, os níveis de incerteza estão tendo um aumento considerável desde o último mês, em razão do impacto do Novo Coronavírus no país chinês, principal mercado internacional da carne brasileira.

No entanto, os exportadores brasileiros seguem otimistas quanto as exportações de carne de gado e suína produzidas no Brasil em 2020.

(Texto: Agrolink)

Veja também

Brasil tem fuga de US$ 7 bilhões e ONU prevê crise

A ONU alerta que o coronavírus trará um “impacto econômico sem precedentes” para os países …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *