22 fevereiro 2020, 6:00
Crédito: Assessoria

Governo entrega escola reformada com dinheiro e mão de obra de presos

O Governo do Estado inaugurou nesta sexta- feira (14), a Escola Estadual Lino Villachá, no bairro Nova Lina, em Campo Grande. A obras da unidade de ensino, foram realizadas com mão de obra e dinheiro de presos.

Participaram da entrega o governador Reinaldo Azambuja, o presidente do TJMS, desembargador Paschoal Carmello Leandro, e o juiz Albino Coimbra. A inauguração da escola ainda contou com a presença do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministro Dias Toffoli.

Obra

A reforma da Escola Estadual Lino Villachá teve início em 4 de novembro e durou dois meses. Essa é a 11ª instituição de ensino da Capital contemplada pelo projeto “Pintando e Revitalizando a Educação com Liberdade” – com mão de obra 100% prisional. Para a execução dos trabalhos foram designados 25 internos do sistema prisional. Eles cumpriram jornada de trabalho de 44 horas semanais.

Com o projeto que usa mão de obra carcerária e dinheiro do salário dos presos foi possível gerar economia de aproximadamente R$ 8 milhões aos cofres públicos, beneficiando 10 mil alunos.

Os trabalhos são desenvolvidos desde 2013 com custodiados do Centro Penal Agroindustrial da Gameleira – unidade masculina de regime semiaberto.

(Texto: Karine Alencar com informações da Assessoria)

Veja também

Bombeiros redobram atenção em rios e cachoeiras durante o Carnaval

Uma das preocupações da corporação é com os perigos nas regiões de balneários e cachoeiras …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *