26 fevereiro 2020, 10:40
Crédito: Franz Mendes /Divulgação

Águia garante o seu milhão na Copa do Brasil

Presidente do Águia já conta com ‘lucro’ de R$ 400 mil

A Águia voou e engoliu o Sampaio Corrêa (MA) na noite de quarta-feira (12), em seu ninho, em Rio Brilhante – a 163 km da Capital. Com o placar de 2×1, o Rubro-Negro avançou para a segunda fase da Copa do Brasil, e enfrentará a Ferroviária (SP). O adversário foi conhecido ontem (11), em partida realizada na Fonte Luminosa, Araraquara. O time da casa venceu o Avaí por 2×0.
O time de Mato Grosso do Sul terá adversário que disputa a primeira divisão do Paulista e este ano jogará a série D do Brasileiro, junto com o Águia Negra.

Até agora o time acumulou R$1.190 milhão na competição. O clube recebeu R$ 540 mil pela participação, e a passagem para a segunda fase garante outros R$ 650 mil. A reportagem procurou o presidente, Iliê Vidal, para saber de que forma pretende usar o montante.

Ele afirma que quase R$300 mil já foram usados para quitar dívidas acumuladas desde 2016. “O Águia Negra teve patrocínio da prefeitura até 2015. Em 2016 estávamos com os contratos assinados e, na véspera da estreia, o Ministério Público recomendou ao prefeito que não patrocinasse clubes profissionais, porque era visto como irregular. Se dispensássemos os jogadores seria pior, foi onde criamos a dívida”, conta.

De acordo com Iliê a primeira cota vem com descontos: 5% vai para o sindicato dos atletas profissionais e 5% referente ao INSS. “Também já tivemos R$30 mil descontado da fonte, que é referente a uma causa trabalhista. Só aí já foram quase R$85 mil a menos”, explica o cartola, em cima do valor bruto de R$ 540 mil.

Deste montante, segundo o dirigente, restam cerca de R$155 mil, que serão somados a segunda cota. Ele pretende investir no Estadual para garantir a vaga na competição nacional de 2021. “Se chegarmos até a final teremos uma despesa de quase R$700 mil”, finaliza.

Adversário não era eliminado na primeira fase há sete anos

Na partida de quarta, a equipe sul-mato-grossense avançou para a segunda fase do torneio depois de três tentativas frustradas. Por outro lado, é a primeira vez em sete anos que o Sampaio Corrêa é eliminado logo na primeira rodada.

A façanha aconteceu diante de 2,2 mil torcedores. O visitante tentou, mas foi o Águia quem dominou o primeiro tempo e chegou ao seu objetivo. Aos 18 minutos, Virgulino aproveitou o escanteio batido por Salomão e cabeceou em direção ao gol. O goleiro Andrey espalmou mas não foi o suficiente, já que Erick Bahia aproveitou o rebote a abriu o placar. A resposta do time de São Luís veio apenas aos 32 minutos, quando Eloir chutou de frente para o gol mas parou na defesa do goleiro Filipe.

No segundo tempo, o time da casa tomou alguns sustos, mas foi beneficiado pelo próprio rival. Aos 38, Erick Bahia cruzou para Cy, mas o zagueiro Paulo Sérgio chegou antes e fez gol contra. Com o placar mais elástico, os rubro-negros recuaram e investiram na defesa. Defesa esta que só foi vazada nos acréscimos, quando Gustavo recebeu na área, dominou e fez o primeiro.

(Texto: Danielle Mugarte com Futebol Interior)

Veja também

SP comemora 33 anos da conquista do segundo título brasileiros

O São Paulo busca em 2020 recuperar os grandes momentos de sua história. Para o …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *