2 março 2021, 6:31
Foto: Marcelo Justo

Militares devem ficar em quarentena após ida à China

O presidente Jair Bolsonaro comentou nesta quarta-feira (5) que os militares encarregados de resgatar os brasileiros na China também irão ficar em quarentena. Nesta tarde, dois aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) saem de Brasília em direção a Wuhan, cidade epicentro do coronavírus no país asiático.

De acordo com informações da Uol, ainda não foi confirmado o número exato de brasileiros que serão resgatados, porém cada aeronave tem capacidade para 36 lugares.

Os aviões farão escala em Fortaleza (CE), Las Palmas (Espanha), Varsóvia (Polônia) e Urumqi (China) e devem chegar a Wuhan na próxima sexta-feira (7). A previsão inicial de regresso das aeronaves é para sábado (8) na base aérea de Anápolis (GO), onde os brasileiros, incluindo os militares, devem ficar 18 dias em quarentena.

“Inclusive, nosso pessoal da Força Aérea, mais de uma dezena de militares, quando voltarem, também vão passar o Carnaval em quarentena. É responsabilidade acima de tudo trazendo esse pessoal [grupo de brasileiros] para cá”, afirmou Bolsonaro

Ontem, a Câmara aprovou a PL que prevê medidas de contenção do coronavírus no Brasil.

(Texto: Jéssica Vitória com informações da Uol)

Veja também

Nomes para disputa do governo em 2022 já surgem nos bastidores

Articulações começam a ser feitas e partidos dizem ser cedo ainda Entrou o ano e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *