29 janeiro 2020, 3:33
Foto: Reprodução/ Internet

Há 91 anos Popeye fazia sua primeira aparição no jornal

Foi no dia 17 de janeiro de 1929, que o valente e carismático marinheiro Popeye aparecia ao público pela primeira vez nas tiras de quadrinhos “Thimble Theatre” (“Teatro em Miniatura”), de Elzie Crisler Segar, no “New York Journal”. Em sua primeira aparição, Popeye não era o personagem principal, mas, em pouco tempo, caiu nas graças do público e ganhou a sua própria tirinha. Já em 1933, ele foi adaptado para desenhos animados pelos irmãos Dave e Max Fleischer.

Nas histórias, Popeye está sempre tentando proteger sua namorada, Olívia Palito, do seu eterno inimigo, Brutus. Quando come espinafre, Popeye fica muito mais forte e confiante, podendo vencer qualquer desafio. Originalmente, Popeye não comia espinafre em lata, o que foi criado quando se tornou um desenho animado. Contudo, a novidade, mais tarde, também foi introduzida nos quadrinhos. De qualquer maneira, o desenho serviu de incentivo para que as crianças comessem mais espinafre para “ficarem fortes como o Popeye”.

O mais interessante é que a força do marinheiro não vinha do espinafre originalmente. Nas primeiras histórias em quadrinhos, ele esfregava na cabeça as penas de sua galinha de estimação. O personagem era tão popular nos Estados Unidos na década de 1930 que as vendas de espinafre aumentaram em 33%, transformando o vegetal na terceira comida mais popular, depois do sorvete e do peru.

Outra curiosidade, até hoje, não se sabe exatamente se Popeye possui só um olho ou se ele apenas fecha um deles, enquanto mantém o outro aberto. Em alguns episódios o olho fechado varia entre o esquerdo e o direito, dando a entender que ele possui os dois normalmente. No entanto, em várias oportunidades Brutus o chama de “nanico de um olho só”. Popeye chegou a se casar duas vezes com Olívia Palito ao longo de todas as fases do desenho.

Por conta de sua super força, Popeye é considerado por alguns como um dos primeiros super-heróis da história. O jornal Diário de Notícias foi responsável pela publicação dos quadrinhos pela primeira vez no Brasil em 1936. Porém os protagonistas tiveram os seus nomes mudados. Popeye se chamava “Brocoió” e Olívia “Serafina”. O jornal trocou para os originais depois de perceber que os novos nomes não fizeram sucesso.

Durante a Segunda Guerra Mundial, os desenhos do Popeye alcançaram níveis incríveis de popularidade e eram usados ​​regularmente para aumentar a moral dos Estados Unidos, em parte porque vários episódios durante os anos de guerra eram notavelmente ofensivos em relação aos japoneses, após o fatídico bombardeio de Pearl Harbor. E um dos capítulos, ele e Brutus devoraram juntos uma lata de espinafre para combater os soldados japoneses, aliás o arqui-inimigo de Popeye, Brutus, foi originalmente chamado de Bluto. Na maioria dos episódios, Brutus é o principal inimigo e rival pelo amor de Olívia. No entanto, em muitas ocasiões, Brutus e Popeye começam o desenho agindo como “amigos”.

Durante os anos de guerra, Popeye também fez uma mudança em seu guarda-roupa. Em vez do costumeiro chapéu de capitão e da camisa preta enrolada, ele se mostrava em um traje de marinheiro todo branco. O novo vestuário continuou mesmo depois do fim da guerra.

No ano passado, celebrando os 90 anos da criação de Popeye, o marinheiro ganhou uma versão repaginada para o YouTube. No primeiro episódio de Popeye’s Island Adventures (As Aventuras da Ilha do Popeye, em português), dá para ver que o cachimbo do marinheiro foi substituído por um apito e agora ele planta o seu próprio espinafre. Popeye já foi retratado no cinema, em 1980 e na época do videogame Atari, foi um dos meus jogos favoritos.

(Texto:Marcelo Rezende)

 

Veja também

Luisa Sonza e Whindersson passam por crise, diz colunista

Luisa Sonza e Whindersson Nunes vivem uma crise no casamento de quase dois anos. “Eles …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *