29 janeiro 2020, 1:22
Foto: Reprodução/Divulgação Iagro

Exportação de carne bovina registra novo recorde em 2020

Queimadas na Austrália e período de recuperação na China são apontados como fatores

O ano de 2019 foi de recordes nas exportações de carne bovina brasileira para a China e para 2020 as projeções da Abrafrigo (Associação Brasileira de Frigoríficos) revelam que o índice poderá continuar em aumento, podendo inclusive culminar em um novo recorde com alta de pelo menos 10%.

A pesquisa indicou que entre os estados São Paulo foi quem mais enviou o produto para o exterior, com 21,9%, seguido do Mato Grosso, com 19,7% e de Goiás, com 13,7%. Mato Grosso do Sul aparece em quarto lugar, com 11%.  Desde o início do ano, as cotações nas principais praças do país estão em declínio. No Estado, a primeira cotação do boi gordo do dia 6 de janeiro foi de R$ 185,00, mas nesta terça-feira o valor estava sendo comercializado a R$ 181,00.

Dentre os fatores que levam a Abrafrigo a apostar em um novo ano de recordes, estão as condições favoráveis ao Brasil no mercado internacional, com a China mantendo um patamar elevado de importações, e agora com um novo componente que são as queimadas que atingem Austrália, um dos maiores players do setor no mundo, e ainda com as atraentes cotações do dólar no Brasil para os exportadores.

(Texto: Michelly Perez com edição para online)

Veja também

Favela movimenta R$ 119 bi por ano, afirma estudo econômico

As favelas de todo o Brasil movimentam por ano cerca de R$ 119,8 bilhões, de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *