29 janeiro 2020, 5:09
Foto: Reprodução/Divulgação

Judoca paralímpico volta com ouro para MS

Luan Pimentel garimba ouro no Canadá e fica mais próximo da vaga paralímpica

O campeão do IBSA Judo American Championship na categoria 73 kg, Luan Pimentel, retornou nesta segunda-feira (13) para o Brasil e já está na Capital de Mato Grosso do Sul. O atleta de Camapuã, 140 km distante da Capital, participou da competição que equivale ao Parapan-Americano da modalidade entre os dias 10 e 12 de janeiro, realizada em Montreal, no Canadá, e voltou com o ouro.

Para alcançar o lugar mais alto do pódio em Montreal, Pimentel passou por três adversários que já havia superado nos Jogos Parapan-Americanos 2019 de Lima, no Peru, onde também assegurou a dourada. Dentre eles seu oponente na final, o argentino Rodolfo Fabian Ramirez, derrotado por ippon assim como na competição anterior.

Com essas encontros, ambos conheciam a forma do outro lutar. “O Fabian é um cara que já foi medalhista paralímpico, então ele é um atleta muito perigoso, muito explosivo, então sempre é difícil. Mas todas vezes que lutei com ele fiz minha estratégia funcionar. Ele é baixo e forte e é difícil de jogar, então a luta de solo me deu uma vantagem boa”, fala em entrevista ao jornal O Estado.

O IBSA foi a última competição do continente americano antes das Paralimpíadas, mas a primeira do ano. As etapas na Inglaterra e no Azerbaijão, em abril e maio, respectivamente, do Grand Prix, também somarão pontos na disputa pela vaga de Tóquio. Na última lista, divulgada em outubro do ano passado, Pimentel aparecia na 14ª posição, sendo que apenas os sete primeiros farão parte da delegação verde e amarela.

Caso leve o ouro nas duas competições seguintes, carimba o passaporte para o continente asiático. “Acredito que com essa competição eu subi bastante, mas ainda não estou entre os sete, só estou mias perto das vagas. Essas duas competições que vêm pela frente são chave para que eu suba, então tenho que me preparar bem”, projeta o atleta.

A Seleção Brasileira, composta por Luan e outros 11 atletas, ainda assegurou mais oito medalhas: quatro ouros, três pratas e um bronze. O atleta representa o ISMAC (Instituto Sul-Mato-Grossense Para Cegos Florivaldo Vargas), da Capital.

(Texto: Danielle Mugarte)

Veja também

Gabigol anuncia permanência no Flamengo

O atacante do Flamengo, Gabigol anunciou pelas redes sociais nesta terça-feira (28) sua permanência no …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *