27 setembro 2020, 12:40
Crédito: Reprodução/Internet

Dólar encerra a R$ 4,14 e tem a maior alta em dois meses

A moeda norte-americana começou a semana em firme alta de mais de 1% ante o real, na maior valorização diária em mais de dois meses e para o maior patamar em cerca de um mês. Já o Ibovespa, após seis pregões em queda, finalmente encerrou a sessão em alta nesta segunda-feira (13).

No mercado interbancário, o dólar fechou em alta de 1,18%, ficando a R$ 4,14 na venda. Essa é a maior alta percentual diária desde 8 de novembro de 2019 (+1,83%). O nível é o mais alto para um encerramento desde 10 de dezembro de 2019 (R$ 4,14 na venda).

Índice de referência do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa fechou com acréscimo de 1,58%, a 117.325,28 pontos. O giro financeiro da sessão somou R$ 21,9 bilhões.

Nos seis pregões anteriores, o Ibovespa acumulou declínio de 2,6%, com agentes financeiros atribuindo a fraqueza das ações, principalmente a movimentos de acomodação após forte valorização em 2019 (+31,6%) e principalmente em dezembro (+6,8).

Na visão do gestor Henrique Bredda, sócio na Alaska Asset Management, tal sequência de quedas, mesmo que tímidas, vira uma janela de oportunidade para a compra de ações, uma vez que o ambiente de juros no Brasil torna inevitável a migração dos recursos para ativos de risco, como a bolsa.

(Texto: Izabela Cavalcanti com informações do Reuters)

Veja também

Vacina estimula anticorpos em 98% dos pacientes

A vacina contra o novo coronavírus desenvolvida pela farmacêutica americana Johnson & Johnson apresentou resultados encorajadores nas fases …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *